Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.215,65
    -110,89 (-0,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Policia Civil amplia prazo para pagamento de inscrição em concursos com 350 vagas

·1 min de leitura

A Polícia Civil do Estado do Rio ampliou o prazo para pagamento das taxas de inscrição de seis concursos públicos abertos. As seleções visam a contratar 350 profissionais de níveis fundamental, médio/técnico e superior. Os interessados, agora, poderão confirmar suas participações nos processos seletivos até 3 de novembro. Antes, o prazo para o pagamento da taxa de R$ 100 se encerrava em 27 de outubro.

As oportunidades são ofertadas em seis editais: 200 vagas para investigador policial, cem para inspetor de polícia, 25 para perito legista, dez para auxiliar policial de necrópsia, dez para técnico policial de necrópsia e cinco para perito criminal. Os dois primeiros também tiveram alteração conteúdo programático. Para saber mais, acesse o site.

Com nível fundamental, é possível se candidatar às vagas de auxiliar policial de necrópsia. Os cargos de nível médio são os de investigador policial e técnico policial de necrópsia. O pré-requisito para a função de inspetor policial é ter curso de nível superior em qualquer área.

O cargo de perito criminal também exige formação superior, com vagas para especialidades em Química, Engenharia Civil e Engenharia Mecânica. Para ser perito legista, é preciso ter curso superior em Medicina.

O processo seletivo terá quatro etapas na primeira fase: prova de conhecimento (eliminatória e classificatória); prova de capacidade física (eliminatória); exame psicotécnico (eliminatório); e exame médico (eliminatório). Os candidatos aprovados vão para a segunda fase, que compreenderá o curso de formação profissional e a prova de investigação social.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos