Mercado abrirá em 7 h 39 min

Polônia anuncia multa recorde de € 6,45 bilhões a Gazprom por gasoduto Nord Stream 2

·2 minutos de leitura
Um guindaste move um grande cilindro durante os trabalhos de construção do gasoduto Nord Stream 2
Um guindaste move um grande cilindro durante os trabalhos de construção do gasoduto Nord Stream 2

O organismo antimonopólio polonês Uokik anunciou nesta quarta-feira uma multa recorde de 6,45 bilhões de euros (7,58 bilhões de dólares) a Gazprom pela construção do gasoduto Nord Stream 2 entre a Rússia e a Alemanha.

As cinco empresas europeias que participam ao lado da Gazprom, principal nome do projeto, na construção do gasoduto também foram condenadas a uma multa global de 52 milhões de euros (61 milhões de dólares). 

As empresas envolvidas são a francesa Engie Energy, as alemãs Uniper y Wintershall, a austríaca OMV e a anglo-holandesa Shell. 

Em 2016, Uokik considerou que o Nord Stream 2 poderia atentar contra a livre concorrência e se negou a aprovar o consórcio. Dois anos depois, a agência abriu um processo contra as seis empresas envolvidas no projeto.

"Conforme a decisão do presidente do Escritório da Competência e Proteção dos Consumidores, as entidades devem rescindir os contratos concluídos para financiar o gasoduto Nord Stream 2", disse o comunicado da UOKiK.

Após o anúncio, a Gazprom disse estar "em total desacordo com a posição da UOKiK" e a multa imposta. Segundo a empresa, "o projeto não foi desenvolvido por uma co-empresa, mas por uma filial da Gazprom com um financiamento por empréstimo", segundo um comunicado.

"O valor sem precedentes da multa indica uma vontade de se opor à implementação do projeto Nord Stream 2 de todas as formas", denunciou a Gazprom, que anunciou sua intenção de recorrer da decisão.

O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, afirmou que não duvida que a Gazprom fará "tudo o que se pode e deve fazer" para responder a essas medidas.

Nord Stream 2, originalmente programado para entrar em operação em 2020, é um gasoduto que deve dobrar as capacidades de entrega de gás russo do Nord Stream 1, operacional desde 2012, e garantir a segurança de abastecimento para a Europa Ocidental através do Mar Báltico.

bo/sw/mas/es-bl/zm/fp/aa