Mercado abrirá em 5 h 52 min
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,33 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,59 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,87
    +0,89 (+1,20%)
     
  • OURO

    1.757,60
    +5,90 (+0,34%)
     
  • BTC-USD

    43.901,63
    +1.854,38 (+4,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.093,69
    -9,37 (-0,85%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,20 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    24.221,22
    +29,06 (+0,12%)
     
  • NIKKEI

    30.240,06
    -8,75 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.367,50
    +48,75 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2498
    -0,0058 (-0,09%)
     

Políticos tomam 3ª dose com maioria sem vacina na Indonésia

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- As elites políticas da Indonésia estão admitindo ter recebido uma terceira dose da vacina contra Covid-19, desafiando os apelos do ministério da saúde já que a maior parte do país ainda não recebeu a primeira dose.

O chefe militar Hadi Tjahjanto e o governador de Kalimantan Oriental, Isran Noor, disseram durante uma reunião com o presidente Joko Widodo que receberam a terceira dose, em um momento em que as doses de reforço são dadas apenas a profissionais de saúde. No vídeo transmitido ao vivo deles conversando casualmente antes de um evento público na terça-feira, o presidente disse que não recebeu uma terceira dose e que estaria esperando pela vacina da Pfizer.

Essa parte do vídeo foi posteriormente retirada do canal oficial. Tjahjanto e Noor não responderam aos pedidos de comentário enquanto um representante do palácio presidencial se recusou a comentar.

“Muitas pessoas nem mesmo receberam uma única dose, mas vemos funcionários públicos fazendo fila para uma terceira dose, isso é realmente injusto”, disse Burhanuddin Muhtadi, diretor executivo do instituto de pesquisas Indikator Politik.

Apenas 22% da população de 270 milhões da Indonésia recebeu suas primeiras doses de vacinas contra Covid-19 até quarta-feira e apenas 12% estão totalmente imunizados, de acordo com o Bloomberg Vaccine Tracker. O ministério da saúde disse repetidamente que as vacinas de reforço são destinadas apenas aos profissionais de saúde, uma vez que intensificam a campanha de vacinação para conter as mortes que ainda chegam aos milhares a cada dia.

Em ocasiões anteriores, outros funcionários públicos falaram abertamente sobre a dose extra, incluindo o vice-chefe da regência de Toraja do Norte, que recebeu a vacina da Moderna como um reforço, de acordo com reportagem do jornal Kompas.

“Deixe-me reiterar que as vacinas de reforço são apenas para profissionais de saúde”, disse Siti Nadia Tarmizi, porta-voz da força-tarefa Covid-19, à Bloomberg na quarta-feira. “Isso é responsabilidade do governo central, assim como dos governos regionais, e contratamos auditores para verificar a administração dessas vacinas.”

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos