Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.673,52
    -2.129,96 (-5,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,33
    -51,62 (-5,49%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Política fiscal do Japão mira verde, digital e segue meta por enquanto

·1 minuto de leitura
Osaka, Japão

Por Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - O primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, planeja acelerar os investimentos em projetos verdes e transformação digital, voltando suas atenções para novas fontes de crescimento econômico na era pós-pandemia, de acordo com um esboço de prioridades para o próximo ano fiscal divulgado nesta quarta-feira.

O primeiro plano de meio do ano sob a administração de Suga marcou uma mudança gradual do modo de crise visto no ano passado, quando o foco se concentrou nos esforços para lidar com a pandemia do coronavírus.

"É um passo na direção certa para investir dinheiro nas áreas mais promissoras", disse Masaki Kuwahara, economista sênior da Nomura Securities. "A questão é como eles darão seguimento às medidas concretas."

O projeto foi apresentado no Conselho de Política Fiscal e Econômica, o principal painel consultivo do primeiro-ministro composto por ministros, parlamentares do partido no governo, presidente do banco central e assessores do setor privado.

"Vamos tentar atingir nossa meta fiscal, incluindo a de gerar um superávit primário do orçamento", disse Suga a um painel, acrescentando que o governo também se esforçará para elevar o salário mínimo nacional para 1.000 ienes (9,13 dólares) por hora para corrigir as disparidades.

No projeto, o governo prometeu manter por enquanto sua meta de alcançar um superávit primário até o ano fiscal de 2025, mas reavaliar o cronograma devido à Covid-19.

(Por Tetsushi Kajimoto)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos