Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.259,75
    -657,98 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,53 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,78
    -0,86 (-2,12%)
     
  • OURO

    1.903,40
    -1,20 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    12.947,97
    +51,38 (+0,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,05
    -1,40 (-0,54%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,09 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.860,28
    +74,63 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,65 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.516,59
    +42,32 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    11.669,20
    +19,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6639
    +0,0538 (+0,81%)
     

Polícia prende quatro suspeitos de receptação de peças automotivas no ABC Paulista

TAYGUARA RIBEIRO
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Polícia Militar prendeu quatro homens, com idade entre 22 e 28 anos, suspeitos de integrar uma quadrilha de receptação de peças automotivas. Eles foram detidos na noite desta quarta-feira (26) com o material. Os policiais capturaram os suspeitos na rua dos Dominicanos, na cidade de Santo André, na Grande São Paulo. A suspeita é que eles usavam o WhatsApp para receber encomendas de peças e vender os materiais roubados. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, gestão João Doria (PSDB), uma equipe da PM realizava patrulhamento pela região quando desconfiou de três homens, que correram ao perceber a presença da viatura. A equipe realizou a abordagem e, com um deles, os militares encontraram uma mochila com duas placas de motos roubadas. O trio apontou uma oficina mecânica, no Jardim Santo André, onde os policiais poderiam encontrar mais peças. No local, um quarto envolvido foi detido. Os suspeitos ainda apontaram uma residência nas proximidades, onde foram apreendidas mais peças automotivas. Todos os objetos foram apreendidos para perícia. O caso foi registrado como localização e apreensão de objeto pelo 6º DP de Santo André, que investiga o caso.