Mercado fechará em 2 h 13 min
  • BOVESPA

    109.212,03
    +1.833,11 (+1,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.664,82
    +397,62 (+0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,92
    +1,86 (+4,32%)
     
  • OURO

    1.803,40
    -34,40 (-1,87%)
     
  • BTC-USD

    19.211,94
    +759,97 (+4,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    381,05
    +11,30 (+3,06%)
     
  • S&P500

    3.630,51
    +52,92 (+1,48%)
     
  • DOW JONES

    30.031,53
    +440,26 (+1,49%)
     
  • FTSE

    6.424,34
    +90,50 (+1,43%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.016,00
    +110,75 (+0,93%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3946
    -0,0457 (-0,71%)
     

Polícia prende homem tido como especialista em roubo de cargas e que praticava assaltos com mochila de entregador de aplicativo

Extra
·1 minuto de leitura

Após denúncias de moradores feitas ao Disque denúncia de que havia um homem de moto e mochila de uma rede de entrega de comida por aplicativo praticando roubos na região do Jacarezinho, policiais militares da UPP local conseguiram prender, nesta sexta-feira, na Rua Miranda Valê, no bairro de Del Castilho, na Zona Norte do Rio, Severino do Ramo Rodrigues, vulgo Alemão, de 35 anos. Após a prisão, os agentes descobriram que o suspeito, oriundo do Morro São João, já era procurado, acusado de ser especialista em roubos de carga nas áreas da grande Tijuca, Ilha do Governador, Bonsucesso, Méier e adjacências.

Com o bandido, foi apreendido um revólver calibre 32, carregado com cinco balas. Além de "inúmeros" — conforme dito pela polícia — procedimentos de roubo majorado, porte ilegal de arma, contra ele havia ainda dois mandados de prisão em aberto. A moto estava registrada no nome de outro homem, mas não constava como registro de roubo.

A ocorrência foi conduzida à 21ª DP (Bonsucesso). Lá, ele ficou preso por porte ilegal de arma de fogo e também em cumprimento dos dois mandados que existiam contra ele. Após os procedimentos de praxe, Severino do Ramo será encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.