Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.611,65
    +1.322,47 (+1,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.466,02
    -571,03 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,84
    +0,23 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.797,50
    +4,40 (+0,25%)
     
  • BTC-USD

    36.872,50
    +571,33 (+1,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    833,54
    +14,04 (+1,71%)
     
  • S&P500

    4.326,51
    -23,42 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.160,78
    -7,31 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.554,31
    +84,53 (+1,13%)
     
  • HANG SENG

    23.696,43
    -110,57 (-0,46%)
     
  • NIKKEI

    26.580,96
    +410,66 (+1,57%)
     
  • NASDAQ

    14.103,75
    +117,00 (+0,84%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0248
    +0,0008 (+0,01%)
     

Polícia Militar recebe autorizaçao para convocar aprovados no concurso de 2014

·1 min de leitura

A Secretaria da Polícia Militar vai iniciar o procedimento administrativo para chamar 568 aprovados no concurso de 2014 para ingressarem no Curso de Formação de Soldados. O decreto de autorização para a convocação — assinado pelo governador Cláudio Castro (PL) — foi publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (dia 7).

O chamamento dos concursados acontece em cumprimento à Lei 9.494/2021, que a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) promulgou na última quarta-feira (01/12). O deputado Bruno Dauaire (PSC), autor da proposta junto com Rodrigo Amorim (PSL), Martha Rocha (PDT) e outros 12 deputados, comemorou a publicação e a justiça que será feita após sete anos de espera. Em 2020, cerca de 300 candidatos fizeram manifestação para cobrar respostas do Governo Estadual.

- Tem sido uma luta antiga e incansável. Ano passado, quando presidia a Comissão de Servidores da Alerj, conseguimos a convocação de 400 candidatos. Agora, mais 568 homens e mulheres que lutam pelo seu direito vão vestir a farda da PMERJ. São sonhos realizados e, consequentemente, caminhamos para diminuir o déficit na corporação e melhorar o policiamento do nosso estado -, afirmou Dauaire.

Conforme a lei, o governo está autorizado a chamar os aprovados que, na data final de inscrição, tinham até 35 anos. A partir disso, ficam revogadas as disposições do edital do concurso, que traziam como requisito a idade de até 30 anos na inscrição.

Coautor da Lei, o deputado Coronel Jairo (SDD) lembra que ainda faltam mais candidatos.

- O chamamento dos 568 é uma vitória, mas não vamos parar de cobrar a convocação de todos os aprovados no concurso de 20214 -, disse o Coronel da PM.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos