Mercado abrirá em 1 h 59 min
  • BOVESPA

    106.858,87
    +1.789,18 (+1,70%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.605,56
    +8,27 (+0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,18
    +1,69 (+2,43%)
     
  • OURO

    1.780,40
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    51.281,88
    +3.829,76 (+8,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.325,96
    +65,80 (+5,22%)
     
  • S&P500

    4.591,67
    +53,24 (+1,17%)
     
  • DOW JONES

    35.227,03
    +646,95 (+1,87%)
     
  • FTSE

    7.311,90
    +79,62 (+1,10%)
     
  • HANG SENG

    23.983,66
    +634,28 (+2,72%)
     
  • NIKKEI

    28.455,60
    +528,23 (+1,89%)
     
  • NASDAQ

    16.112,75
    +270,00 (+1,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4259
    +0,0023 (+0,04%)
     

Polícia investiga caso de estupro coletivo contra menina de 12 anos, no Ceará

·1 min de leitura

A Polícia Civil do Ceará investiga um caso de estupro coletivo cometido contra uma menina de 12 anos. A criança teria sido abusada por seis adolescentes durante uma festa na cidade de Sobral, em 11 de outubro.

Além de cometer o crime, os jovens também teriam gravado o estupro coletivo, de acordo com informações do Diário do Nordeste. Os abusos teriam ocorrido após a vítima ter sido amarrada e vendada pelo grupo de rapazes, segundo o jornal.

O conselheiro tutelar José Arteiro Ferreira disse ainda que a menina denunciou a participação de um adulto no crime. Segundo o Diário do Nordeste, esse homem já teria prestado depoimento e depois liberado, por não haver flagrante ou outras provas.

A menina foi submetida a um teste de gravidez em uma unidade de saúde da cidade. Questionada pela profissional de saúde, ela relatou os abusos e contou ter sofrido ameaças para não revelar nada aos familiares.

A vítima chegou a ficar uma semana internada, em observação, mas recebeu alta nesta segunda-feira, segundo o Diário do Nordeste.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos