Mercado abrirá em 6 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    112.611,65
    +1.322,47 (+1,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.466,02
    -571,03 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.796,60
    +3,50 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    37.227,87
    +1.222,92 (+3,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    844,60
    +25,09 (+3,06%)
     
  • S&P500

    4.326,51
    -23,42 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.160,78
    -7,31 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.554,31
    +84,53 (+1,13%)
     
  • HANG SENG

    23.599,47
    -207,53 (-0,87%)
     
  • NIKKEI

    26.714,29
    +543,99 (+2,08%)
     
  • NASDAQ

    14.140,25
    +153,50 (+1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0560
    +0,0320 (+0,53%)
     

Polícia Federal vai enviar agentes a El Salvador para fazer curso de Bitcoin

·2 min de leitura
Viatura da Polícia Federal entrando na sede PF
Viatura da Polícia Federal entrando na sede PF

A Polícia Federal do Brasil (PF) vai mandar agentes para El Salvador em 2022, com o objetivo de realizarem um curso de Bitcoin no país. Vale lembrar que El Salvador é o primeiro país a legalizar o Bitcoin como moeda de curso legal, sendo possível realizar qualquer pagamento com a moeda no local.

Recentemente, o evento LaBitconf chamou a atenção da comunidade mundial para o pequeno país da América Central, que se destacou como o primeiro a comprar Bitcoin também.

A relação de El Salvador com o Bitcoin conta até com uma operação de mineração utilizando a energia de vulcões, algo que marcou essa adoção.

PF vai enviar agentes para El Salvador para curso de Bitcoin

Nos últimos anos, a Polícia Federal já passou por várias capacitações sobre o tema de Bitcoin. Recentemente, o Superintendente Regional da Polícia Federal (PF) em Rondônia, Agostinho Cascardo Junior, declarou ser fundamental a contínua capacitação neste setor, principalmente no combate a crimes.

Mas em breve, dois agentes da PF vão fazer um curso sobre Bitcoin em El Salvador, país que chamou atenção ao legalizar a moeda.

Segundo despacho publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (20), assinado pelo Diretor Geral da Polícia Federal Paulo Gustavo Maiurino, ambos irão permanecer no país entre os dias 15 e 29 de janeiro de 2022.

“[…] autoriza que se afastem do país o Delegado de Polícia Federal EDER FRANCIS OLIVEIRA e o Agente de Polícia Federal CARLOS EDUARDO DE PAULA PACHECO E SOUZA, para participarem do Curso de Investigação de Uso Criminoso de Criptomoeda em San salvador/El Salvador, no período de 15 a 29 de janeiro de 2022, inclusive trânsito, com ônus limitado”.

Pelo despacho do governo, não está claro qual será a grade curricular do evento e quem o está organizando, mas mostra que os agentes da PF estão indo para um país onde o Bitcoin segue ganhando adoção e deverão ver de perto os usos da tecnologia.

El Salvador, vale lembrar, passou a Lei Bitcoin no Congresso Nacional após ser apresentada pelo Presidente Nayib Bukele, mas declarou ao mundo que tomaria medidas para que a moeda não fosse utilizada para atividades criminosas.

No Brasil, a PF já fez várias operações contra crimes envolvendo o Bitcoin nos últimos meses, seja de pirâmides financeiras, como de lavagem de dinheiro, crimes cibernéticos, entre outros mais. Com a capacitação dos agentes em um ambiente internacional, espera-se que mais conhecimento seja trago ao país, para continuar os combates a crimes previstos na legislação brasileira.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos