Mercado abrirá em 8 h 54 min
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,46
    +0,16 (+0,22%)
     
  • OURO

    1.777,90
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    34.920,12
    +2.196,05 (+6,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    841,03
    +54,41 (+6,92%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.109,97
    +35,91 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    29.204,49
    +322,03 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    29.106,59
    +231,36 (+0,80%)
     
  • NASDAQ

    14.369,50
    +15,25 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8667
    +0,0044 (+0,08%)
     

Polícia descobre identidade de um dos perfis do "Homem Pateta" em SP

·2 minuto de leitura

Na última sexta-feira (10), a residência de um garoto de 12 anos na cidade de Sorocaba, interior do estado São Paulo, foi alvo de mandado de busca e apreensão da Polícia Civil de São Paulo. Segundo a Record TV, a polícia suspeitava que o jovem atuava, nas redes sociais, como responsável por um dos perfis do personagem "Homem Pateta". Com desafios de automutilação e suicídio, a conta ameaçava outras crianças através de aplicativos de mensagens — como nos casos da Baleia Azul e da Boneca Momo.

Os perfis do "Homem Pateta", que não possuem, necessariamente, uma ligação entre si, usam a imagem de um homem fantasiado como o personagem da Turma do Mickey, conhecido programa da Disney, com o nome fictício de Jonathan Galindo.

Desde o mês de junho, pelo menos três estados já tinham registrado casos relacionados ao uso do personagem "infantil" em perfis que colocam em risco a saúde de crianças. Além de São Paulo, as polícias dos estados de Santa Catarina e Mato Grosso do Sul estavam cientes da situação.

Criador de um dos perfis do Homem Pateta é descoberto no interior de São Paulo, na cidade de Sorocaba (Captura de tela: Reprodução/Felipe Demartini)
Criador de um dos perfis do Homem Pateta é descoberto no interior de São Paulo, na cidade de Sorocaba (Captura de tela: Reprodução/Felipe Demartini)

Caso de Sorocaba

Segundo informações da polícia, o autor do perfil fazia amizade com crianças e alegava conhecer as famílias, além de dar detalhes sobre onde moravam. Inclusive, enviava mensagens alertando que algo de mal aconteceria caso a vítima não aceitasse o desafio proposto. No entanto, familiares de crianças que receberam as mensagens procuraram a polícia e, dessa forma, chegaram ao garoto em questão.

O jovem confessou o fato de enviar mensagens pelo perfil do "Homem Pateta", mas explicou se tratar "apenas de uma brincadeira". O garoto foi liberado, no entanto, o celular do autor das ameaças está apreendido pela polícia e uma perícia será realizada no aparelho, dando continuidade ao inquérito que corre na Delegacia Seccional de Sorocaba.

Agora, a investigação será enviada à Vara da Infância e Juventude, onde o adolescente pode responder por atos infracionais (menores de 18 anos são inimputáveis no país) como ameaça e instigação ao suicídio. "A investigação realizada demonstra que não existe anonimato na internet e reforça que a Polícia Civil é o filtro permanente da justiça e da legalidade", esclareceu a polícia, em nota, sobre a operação, que foi divulgada apenas ontem (13).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos