Mercado abrirá em 5 h 20 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,73
    -0,38 (-0,43%)
     
  • OURO

    1.775,90
    -0,80 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    23.426,59
    -551,23 (-2,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,03
    -15,79 (-2,76%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.505,97
    -9,78 (-0,13%)
     
  • HANG SENG

    19.696,08
    -226,37 (-1,14%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.441,75
    -51,50 (-0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2473
    -0,0119 (-0,23%)
     

Pokémon | Todos os jogos cancelados da franquia

Entre a série principal e os mais de 75 jogos derivados de Pokémon, nem todos os projetos idealizados pela The Pokémon Company e Nintendo viram a luz do dia. Ao longo da história, a franquia do Pikachu teve diversos games cancelados.

Boa parte dos cancelamentos foram anunciados, outros, revelados anos após a desistência. Ainda existem aqueles que tiveram os planos de desenvolvimento vazados, mas nunca viram a luz do dia. Confira uma lista com os jogos cancelados de Pokémon:

6. Pokémon Pink

Clefairy seria estrela da franquia no lugar de Pikachu em ideia descartada pela Nintendo. (Imagem: Reprodução/The Pokémon Company)
Clefairy seria estrela da franquia no lugar de Pikachu em ideia descartada pela Nintendo. (Imagem: Reprodução/The Pokémon Company)

22 anos após o lançamento de Pokémon Yellow, um minerador de dados conhecido na comunidade como Dr. Lava descobriu que a Nintendo pretendia lançar, na época, uma versão alternativa do jogo. Pokémon Pink traria Clefairy na capa no lugar de Pikachu. A Game Freak chegou a registrar a marca Pokémon Pink e admitiu, anos mais tarde, que pensou em Clefairy como protagonista da franquia. A ideia, no entanto, nunca foi para frente.

5. Pokémon Green

The Pokémon Company passou a borracha em Pokémon Green. (Imagem: Reprodução/The Pokémon Company)
The Pokémon Company passou a borracha em Pokémon Green. (Imagem: Reprodução/The Pokémon Company)

Pokémon Green, irmão de Pokémon Red, é um dos casos dos jogos da franquia que foram lançados apenas no Japão e cancelados antes do lançamento global. Quando a franquia desembarcou no Ocidente, a versão Green virou Blue. A mudança foi feita pois a qualidade gráfica de Green era muito ruim. A Game Freak resolveu então trabalhar na versão alternativa de Red, alterando a localização dos monstrinhos. Mais tarde, a versão Blue também foi lançada no Japão, jogando o jogo verdinho para o esquecimento.

4. Pokémon Gray

Plano inicial da geração Black e White não era uma sequência numerada. (Imagem: Reprodução/The Pokémon Company)
Plano inicial da geração Black e White não era uma sequência numerada. (Imagem: Reprodução/The Pokémon Company)

Toda vez que a Game Freak desenvolve uma nova dupla de jogos da série, o estúdio trata de registrar marcas similares. A estratégia serve para garantir que a desenvolvedora possa usar os nomes para projetos futuros, mesmo que um jogo com aquele nome nunca tenha sido planejado. Foi assim que o estúdio japonês registrou marcas como Pokémon Purple, Turmaline, Moonstone, Brown, Gray, Vermilion, Purple, Crimson e Scarlet, essa última que realmente se transformará em um jogo.

O interessante é que Pokémon Gray chegou a ter seu desenvolvimento iniciado. O game seria um relançamento de Pokémon Black e White, mas foi interrompido quando a The Pokémon Company resolveu trabalhar em Pokémon Black 2 e White 2, até hoje as únicas sequências numeradas em uma região Pokémon.

3. Pokémon Stars

Começo da história de Pokémon do Switch seria versão alternativa de Sun e Moon. (Imagem: Arte de Fã/Logan Cure)
Começo da história de Pokémon do Switch seria versão alternativa de Sun e Moon. (Imagem: Arte de Fã/Logan Cure)

Quando o Switch foi lançado em 2017, a Nintendo ainda não sabia se o console híbrido seria um sucesso ou um fracasso como o Nintendo Wii U. Na época, a Game Freak trabalhava nos jogos Pokémon Ultra Sun e Ultra Moon para Nintendo 3DS. Nesse contexto, a desenvolvedora foi pressionada pela Nintendo a desenvolver também um jogo da franquia do Pikachu para alavancar o primeiro natal do Switch.

Com poucos braços, a solução encontrada pela Game Freak era lançar uma versão mais completa de Pokémon Sun e Moon para o novo console. O jogo se chamaria Pokémon Stars e traria poucas diferenças gráficas em relação aos antecessores. O rumo da história foi alterado após o sucesso do lançamento do Switch, puxado por The Legend of Zelda: Breath of the Wild. Fato que fez a Nintendo descartar a necessidade de lançar um Pokémon com gráficos de 3DS para o novo console. Stars acabou cancelado e deu tempo suficiente para a Game Freak trabalhar em Pokémon: Let's Go Pikachu e Eevee, de 2018.

2. Pokémon Z

Zygarde seria estrela de sequência cancelada. (Imagem: Reprodução/The Pokémon Company)
Zygarde seria estrela de sequência cancelada. (Imagem: Reprodução/The Pokémon Company)

Uma das maiores lendas entre fãs de Pokémon, uma dupla de jogos conhecida como “Z” nunca foi confirmada. As entradas na franquia serviriam como uma sequência da dupla Pokémon X e Y, aos moldes de Pokémon Black 2 e White 2. O projeto foi descoberto em um vazamento de códigos da Game Freak, mas com poucas informações.

A história de Pokémon X e Y deixa várias lacunas para uma continuação focada no lendário Zygarde, fato que reforça a existência de Pokémon Z. No entanto, os ataques terroristas a Paris estariam entre os motivos que fizeram a Nintendo recuar de lançar outros jogos em Kalos, região inspirada do país europeu. Eventualmente, Zygarde teve sua história desenvolvida em Pokémon Sun e Moon, enquanto “Z” nunca viu a luz do dia.

1. Meowth's Party

Tudo indica que Meowth's Party seria bem mais que uma demo de Gamecube. (Imagem: Reprodução/The Pokémon Company)
Tudo indica que Meowth's Party seria bem mais que uma demo de Gamecube. (Imagem: Reprodução/The Pokémon Company)

Meowth's Party foi uma demonstração de tecnologia usada para promover o Gamecube durante a convenção Nintendo Space World de 2000. O jogo era uma espécie de Guitar Hero com Pokémon, trazendo o monstrinho gato tocando uma guitarra e temas do anime.

Como uma das únicas demonstrações interativas do evento de 2000, muitos acreditam que Meowth’s Party seria um jogo completo. Teoria reforçada quando recurso semelhante a demo foi incluído no aplicativo Pokémon Channel. A demonstração ainda ganhou uma estranha menção em uma conquista de Super Smash Bros Melee, reforçando que a Nintendo teria outros planos para o projeto. Entretanto, um jogo completo nunca foi lançado.

Com informações de: Screenrant

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos