Mercado abrirá em 6 h 58 min

Poco M5 e M5s vazam em loja online dias antes do anúncio oficial

A Xiaomi deve revelar na próxima segunda a família Poco M5 de smartphones intermediários, com a chegada do próprio M5 e também do chamado Poco M5s. Ambos os smartphones surgiram em uma loja no AliExpress e tiveram alguns detalhes revelados.

O site MySmartPrice conseguiu encontrar os modelos no site do AliExpress e notou que algumas especificações técnicas estavam descritas. Aparentemente, tanto o Poco M5 quanto o M5s serão oferecidos em três variantes: 4 GB + 64 GB, 4 GB + 128 GB e uma mais avançada de 6 GB de RAM + 128 GB de espaço para armazenamento interno.

Poco M5 deve chegar nas cores cinza, amarelo e verde (Imagem: Reprodução/MySmartPrice)
Poco M5 deve chegar nas cores cinza, amarelo e verde (Imagem: Reprodução/MySmartPrice)

Além disso, as opções de cores de cada um também ficam claras por aqui, assim como particularidades dos seus visuais. Aparentemente, o Poco M5 terá uma tela com um notch no formato de gota, três câmeras traseiras e uma gaveta para chip na lateral esquerda, sendo ofertado nas cores cinza, amarelo e verde.

Poco M5s deve ser versão renomeada do Redmi Note 10S (Imagem: Reprodução/MySmartPrice)
Poco M5s deve ser versão renomeada do Redmi Note 10S (Imagem: Reprodução/MySmartPrice)

Por outro lado, o Poco M5s deve adotar uma tela com um furo centralizado no topo para a câmera frontal, com uma saída de som e um infravermelho na lateral superior para usar o celular como controle remoto universal. Nesse caso, ele foi listado nas cores cinza, azul e branco.

Poco M5s já é um conhecido do público

Segundo o portal MySmartPrice, o Poco M5s deve ser somente uma versão renomeada do já anunciado Redmi Note 10S. Dessa forma, espera-se que ele seja oficializado com uma tela AMOLED de 6,43 polegadas e resolução Full HD+.

Além disso, deve ter um processador MediaTek Helio G95 e quatro câmeras traseiras, sendo uma principal de 64 MP, uma ultrawide de 8 MP e uma macro e uma de profundidade, ambas de 2 MP. Para dar energia a esse conjunto, sua bateria deve ser de 5.000 mAh com suporte a carregamento rápido de 33 W.

As listagens mostram os supostos preços em novo shekel, moeda israelense. Mas, os valores exibidos são altos para dispositivos intermediários como esse, o que implica é que esse é um placeholder, que é apenas um valor mais alto do que será realmente cobrado, mas que será substituído pelo preço verdadeiro futuramente.

Agora, basta esperar a revelação dos dois aparelhos no próximo dia 5 de setembro para confirmar essas e outras informações a respeito deles.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: