Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.480,00
    +674,99 (+3,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Poco F3 5G ainda vale a pena em 2022?

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Mais de um ano após o seu lançamento, o Poco F3 5G ainda é um dos celulares mais buscados do AliExpress. Não à toa, claro, pois ele pode ser encontrado por menos de R$ 1.500 e entrega o melhor conjunto de especificações para quem procura um celular premium sem gastar muito.

Minha colega Jucyber analisou Poco F3 5G para o Canaltech em 2021, mas coube a mim o papel de revisitar o smartphone para conferir se ainda vale a pena apostar nele em 2022. Se você quiser comprá-lo ao final desta matéria, haverá links de compra confiáveis ao longo de texto para você aproveitar.

Antigo, porém ainda muito atual

O Poco F3 foi lançado em março de 2021, então já se passou mais de um ano desde o seu lançamento. Mas ele ainda parece tão atual quanto muitos smartphones avançados lançados nos últimos meses.

A tampa traseira do Poco F3 é de vidro Gorilla Glass 5, material que dá a ele um aspecto diferenciado, principalmente considerando o seu preço atual. O aparelho também possui certificação IP53, garantindo uma proteção contra respingos de água e poeira.

Poco F3 tem traseira de vidro e um visual bem moderno (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)
Poco F3 tem traseira de vidro e um visual bem moderno (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

É claro que, para conseguir diminuir tanto o preço do produto, a marca precisou cortar alguns custos de produção. Por exemplo, as bordas são construídas em plástico. O resultado é uma pegada menos premium, porém ainda ótima para a sua atual faixa de preço.

Com relação ao visual, digo com tranquilidade que o Poco F3 é um dos mais bonitos entre os celulares intermediários avançados lançados ao longo de 2021. O módulo de câmeras é atual e simétrico. Também considero moderno, pois foge dos inúmeros “cooktops” e “peças de dominó” que vimos bastante nos últimos meses.

Na parte da frente, a POCO não economizou. Ele conta com uma tela AMOLED de 6,67 polegadas, resolução Full HD+ (2.400 por 1.080 pixels) e suporte ao padrão HDR10+, para dar mais dinamismo e equilíbrio de colocação aos conteúdos reproduzidos, principalmente em streamings compatíveis.

Tela AMOLED do Poco F3 é um dos destaques (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)
Tela AMOLED do Poco F3 é um dos destaques (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

A qualidade da imagem do painel do Poco F3 5G é ótima, batendo de frente com diversos concorrentes mais caros, como as famílias Galaxy S21 e iPhone 12.

Visualizar qualquer tipo de conteúdo se torna uma ótima experiência, entregando cores vívidas e precisas para as diversas colorações exibidas.

O display do smartphone também traz taxa de atualização de 120 Hz, que oferece maior fluidez em alguns conteúdos como jogos compatíveis, aplicativos e interface.

E o painel tem velocidade adaptável, ou seja, pode alternar entre 30, 60, 90 e 120 Hz dependendo do conteúdo. Já deu para ver que ele ainda é muito atual, o que explica por que as pessoas ainda buscam tanto ele em 2022.

Ótimas configurações para 2022

Um dos principais diferenciais do Poco F3 5G é o seu hardware potente. Internamente, ele roda o Qualcomm Snapdragon 870, um chipset que fica um degrau abaixo do Snapdragon 888. Ele trabalha com versões de 6 GB ou 8 GB de memória RAM, além de 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno, sem opção de expansão.

Em 2021, o conjunto já era bom o suficiente para a maioria dos usuários, rodando jogos e aplicativos muito bem. Atualmente, ele também não deve decepcionar, pois ainda há desempenho de sobra para praticamente todas as tarefas da Play Store. E provavelmente fôlego por mais alguns anos.

O desempenho do Poco F3 é muito bom para a sua atual faixa de preço (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)
O desempenho do Poco F3 é muito bom para a sua atual faixa de preço (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

No software, o smartphone da POCO também não deve decepcionar. Ele começou a receber o atual Android 12 no começo deste ano junto da MIUI 13, portanto você ainda terá todas as novidades interface da Xiaomi por muito tempo.

De acordo com o cronograma de atualizações atual da Xiaomi, é possível que o Poco F3 5G também receba o inédito Android 13 como última grande atualização. Mas ainda deve receber updates de segurança após isso.

E, inclusive, o sistema da Xiaomi pode ser um grande diferencial. Eu não sou muito fã da MIUI, mas admito que ela é uma das que oferece o maior leque de possibilidades para personalizar a interface, indo muito além da mudança de cor dos ícones do Android padrão. Aqui você realmente pode deixar o celular com a sua cara.

Mesmo em 2022, o kit de conexões do Poco F3 5G ainda é muito agradável. Ele conta com Bluetooth 5.1, Wi-Fi ax (Wi-Fi 6) dual-band (2,4/5,0 GHz), NFC para pagamentos por aproximação, sensor infravermelho, adicionando a possibilidade de controlar eletrônicos com o celular, e ainda oferece conexão 5G.

O Poco F3 ainda vem com carregador rápido de 33 W na caixa (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)
O Poco F3 ainda vem com carregador rápido de 33 W na caixa (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

Vale mencionar, ainda, os dois alto-falantes, proporcionando um som minimamente bom para os padrões atuais, o sensor de digitais na lateral, a bateria de 4.520 mAh — que agradou minha colega Jucyber durante os testes —, e o carregamento rápido de 33 W.

Câmeras: o calcanhar de Aquiles do Poco F3 5G

Onde a POCO mais precisou economizar foi na fotografia. O Poco F3 5G tem um conjunto quádruplo, sendo uma principal de 48 MP, uma ultrawide de 8 MP, uma macro de 5 MP e um sensor frontal, este de 20 MP.

No geral, as capturas com o Poco F3 5G são boas, porém ficam bem abaixo de outros modelos mais atuais, como Galaxy A73, Realme 9 Pro+ e iPhone 12. A câmera principal de 48 MP é o grande destaque, trazendo uma ótima entrada de luz e HDR equilibrado.

Foto da câmera principal do Poco F3 (Imagem: Jucyber/Canaltech)
Foto da câmera principal do Poco F3 (Imagem: Jucyber/Canaltech)

Ela ainda consegue gravar em até 4K a 30 fps, porém sem estabilização óptica de imagem (OIS), algo que muitos intermediários mais atuais já carregam consigo. Também faz vídeos em 1080p a 60 fps.

A câmera frontal de 20 MP também é interessante. Em nitidez, ela é bem legal, e fica ainda melhor quando o modo HDR é ativado, pois dá equilíbrio positivo em fotos em contraluz. O sensor consegue gravar vídeos em 1080p a 60 fps, o que também é bom.

Mas a câmera ultrawide de apenas 8 MP é muito inferior em relação à principal, produzindo fotos com pouca definição e cores mais lavadas. A macro de 5 MP é interessante, mas também fica atrás da câmera macro da linha Galaxy A, por exemplo.

Câmera ultrawide do Poco F3 (Imagem: Jucyber/Canaltech)
Câmera ultrawide do Poco F3 (Imagem: Jucyber/Canaltech)

Se você não for muito exigente com câmera, no entanto, o Poco F3 deve satisfazer com fotos geralmente agradáveis. Não é a melhor para a faixa de preço em que está agora, porém não decepciona tanto.

Melhor custo-benefício do momento

Não é à toa que o Poco F3 é um dos celulares mais buscados do AliExpress. Eu fiz uma pesquisa rápida na plataforma pelo aparelho e consegui encontrá-lo por incríveis R$ 1.488,43 na opção com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno.

É claro que é preciso considerar a possível taxa de importação, que pode chegar a até 60% sobre o preço do produto. Mas, geralmente, a taxação sobre smartphones gira em torno de R$ 200. Ainda assim, é um baita valor por todas as configurações que ele oferece.

No entanto, com cerca de R$ 1.800, já é possível encontrar smartphones bastante competentes aqui no Brasil, como o A52s. Mas, no final, ele ainda é um intermediário avançado, com uma construção é mais simples, enquanto o Poco F3 tem uma proposta de ser mais premium.

O A52s 5G é um dos concorrentes do Poco F3 (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)
O A52s 5G é um dos concorrentes do Poco F3 (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

Também vale mencionar que, optando pela importação, não há garantia. Meio que você vai pagar menos, porém abrindo mão de algumas características que outros smartphones na mesma faixa de preço, e que são vendidos aqui, possuem.

Vale a pena comprar o Poco F3 em 2022?

Sim, ainda vale a pena comprar o Poco F3 em 2022. A boa construção, a tela AMOLED de qualidade, o desempenho ótimo, o software atualizado e os inúmeros recursos ainda úteis são muito bem-vindos se considerarmos a sua faixa de preço atualmente.

Acredito que as câmeras poderiam ser melhores devido ao poder de processamento do chipset Snapdragon 870, mas elas devem agradar os usuários menos exigentes. Se a bateria fosse um pouco maior também seria um ótimo diferencial.

No AliExpress, o Poco F3 5G ainda aparece por cerca de R$ 1.500, podendo cair para R$ 1.300 com cupons de desconto que geralmente a plataforma disponibiliza. Mesmo com a possível taxa de importação, ainda é uma ótima escolha.

Caso você não queira esperar o envio da gringa, também é possível comprá-lo diretamente aqui no Brasil. O preço sobe para quase R$ 1.900, mas ainda é um excelente custo-benefício. Confira as melhores ofertas que encontrei no link abaixo:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos