Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.683,05
    -263,21 (-0,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

PMs agridem homem rendido com chutes e pisões, na Grande São Paulo; veja vídeo

·1 min de leitura

Dois policiais militares de São Paulo chutaram e pisaram em um homem rendido na cidade de Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. As agressões ocorreram em 8 de outubro e foram divulgadas nas redes sociais nesta sexta-feira. A corporação informou que apura o caso.

As imagens mostram o homem sentado no chão e cercado pelos dois agentes. A vítima está com um capacete na cabeça e primeiro recebe um chute. Depois um dos policiais puxa o homem pela cabeça e ele se deita no solo. Na sequência, a vítima é pisada pelo policial.

Logo depois um segundo agente aparece na cena. Ele já chega chutando a vítima e pisa duas vezes no homem rendido. E então volta a chutar mais três vezes.

A Polícia Militar de São Paulo informou que apura o caso. No entanto, os nomes dos agentes envolvidos não foram revelados. De acordo com a corporação, a vítima havia tentado fugir em uma moto com restrição judicial para circulação. O veículo foi apreendido e recolhido ao pátio da PM.

A corporação também informou que iniciou "diligências para apuração das agressões mostradas no vídeo para, dessa forma, tomar as medidas jurídicas penal-militares pertinentes". Os policiais envolvidos foram identificados, afastados das atividades operacionais e respondem a um inquérito policial militar.

“A Polícia Militar lamenta e repudia tais atos e reafirma o seu compromisso de proteger as pessoas, combater o crime e respeitar as leis, sendo implacável contra pontuais desvios de conduta”, diz a nota da PM.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos