Mercado fechará em 1 h 35 min
  • BOVESPA

    121.743,92
    -57,29 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.215,52
    +20,09 (+0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,04
    +0,89 (+1,31%)
     
  • OURO

    1.806,40
    -8,10 (-0,45%)
     
  • BTC-USD

    40.500,75
    +913,56 (+2,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    999,00
    +23,11 (+2,37%)
     
  • S&P500

    4.420,13
    +17,47 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    34.973,64
    +180,97 (+0,52%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.154,00
    +80,50 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1730
    +0,0547 (+0,89%)
     

PM resgata investidora em criptomoedas que foi sequestrada no McDonald’s

·3 minuto de leitura
Policia Militar de São Paulo faz resgate em vítima de sequestro envolvendo criptomoedas
Policia Militar de São Paulo faz resgate em vítima de sequestro envolvendo criptomoedas

A PM de São Paulo resgatou uma mulher de um sequestro após bandidos atacarem ela em um restaurante do McDonald’s. Durante a operação, ocorrida na madrugada dos dias 19 e 20 de julho, vários armamentos foram apreendidos com os criminosos.

O caso aconteceu no município de Carapicuíba, na Região Metropolitana de São Paulo. De acordo com a PM, os agentes do 33.º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano receberam a informação que um crime estava ocorrendo em uma lanchonete na Avenida Governador Mario Covas, n.º 273, no bairro Jardim Pignatary.

A ocorrência era de que dois indivíduos fortemente armados haviam entrado no estabelecimento e rendido uma cliente no local.

“Dois indivíduos armados, renderam uma mulher e a levaram para o interior de um veículo, sendo que na escolta estava outro veículo.”

PM resgata mulher de sequestro, caso envolve criptomoedas

Ao receber o chamado, os policiais se dirigiram ao local, iniciando o patrulhamento com vistas e puderam assim visualizar os veículos que atendiam as características suspeitas. O condutor estava levando a mulher, de origem chinesa, sentido Osasco, outra cidade da região metropolitana da capital.

Em um primeiro momento, as viaturas iniciaram o acompanhamento dos suspeitos e solicitaram reforços, que logo vieram e assim iniciou a perseguição. A PM informou que foi possível cercar os dois veículos em atividade suspeita, com posterior abordagem.

“Com apoio de outras equipes foi realizado o cerco possibilitando a abordagem.”

Ao abordar o veículo, o condutor se identificou como agente penitenciário, apresentando uma identidade funcional. A PM informou que no mesmo veículo haviam mais duas pessoas de origem chinesa, um homem e uma mulher, esta última que havia sido sequestrada.

A PM então abordou o outro veículo que estava na escolta, com três pessoas a bordo deste outro. Todos foram levados para o Distrito Policial de Carapicuíba.

Ex-agente penitenciário estava envolvido com sequestro e grupo portava várias armas

Nas buscas policiais, a PM encontrou várias armas municiadas com os suspeitos, apreendidas pelos agentes antes do encaminhamento a delegacia. Até uma arma de choque estava em posse dos bandidos, presos em flagrante.

“Durante a busca pessoal foi localizado na cintura do agente penitenciário uma pistola 380, municiada com 10 cartuchos intactos, já com o outro indivíduo uma arma de choque. Ainda, na busca veicular, os policiais militares encontraram, uma arma carabina CT 40 municiada com 20 cartuchos intactos, um carregador, uma espingarda calibre .12, uma pistola 380, além de quatro coldres.”

Após levantamento das informações, foi identificado que o homem já havia sido expulso do serviço penitenciário, mas ainda usava a carteira.

Além disso, foi identificado pelos policiais que o sequestro tem relação de um desentendimento entre as partes de nacionalidade chinesa. A mulher informou que trabalha no setor de criptomoedas e que havia perdido US$ 300 mil, motivo que pode ter levado ao sequestro.

O delegado de plantão deu voz de prisão aos suspeitos, por Associação Criminosa e Extorsão mediante sequestro. Todos agora ficam a disposição da justiça, que deverá avaliar o caso.

Os dois veículos utilizados pelos sequestradores foram apreendidos e também ficarão a disposição da justiça.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos