Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    49.726,36
    +1.208,72 (+2,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Plex Arcade: o novo serviço de streaming de games com foco em clássicos do Atari

Ramon de Souza
·2 minuto de leitura

Sempre quis ter a experiência de jogar games clássicos do Atari 2600 e 7800, que fizeram a alegria das crianças nos anos 80? Então vai ficar feliz em saber que a Plex, famosa plataforma de streaming conhecida por oferecer diversos canais televisivos e filmes “alternativos” de graça, anunciou, nesta terça-feira (26), o Plex Arcade. Trata-se de seu próprio serviço de streaming de jogos com foco em obras clássicas com mais de 40 anos.

A ideia é simples: você paga US$ 5 mensais (ou US$ 3, caso você já seja um assinante do Plex Pass) e tem acesso a uma biblioteca inicial composta por 30 títulos de fliperamas e dos dois consoles da Atari. Estão incluídas obras como Centipede, Missile Command, Solaris, Food Fight e Ninja Golf. Caso não tenha certeza se o investimento vale a pena, é possível testar o Plex Arcade gratuitamente durante sete dias.

É possível jogar em praticamente qualquer aparelho: smartphones (Android e iOS), televisores inteligentes (Android TV ou Apple TV) e até em computadores através da própria interface web do Plex. Para que a plataforma funcione, porém, é necessário configurar um Plex Media Server (servidor em sua rede residencial) usando o software gratuito disponível para Windows e macOS — a instalação é simples e bem rápida.

Por fim, para ter a melhor experiência possível, a equipe do Plex também recomenda que o usuário utilize um gamepad sem fio. Praticamente qualquer controle Bluetooth pode ser pareado, mas, para melhores resultados, a plataforma recomenda o DualShock 4 da Sony ou o gamepad do Xbox One.

Vale a pena ressaltar que, conforme anunciado pela própria companhia em seu blog oficial, o Plex Arcade é um experimento — caso ele faça sucesso entre os usuários, será aprimorado futuramente ganhando mais títulos em seu catálogo. Caso contrário, o serviço poderá ser extinto. Será que muitos internautas estarão realmente dispostos a gastar US$ 5 (cerca de R$ 27 na conversão direta) para se divertir apenas com joguinhos da década de 80?

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: