Mercado fechará em 5 h 2 min

PlayStation VR 2 chega ao Brasil em fevereiro custando mais que um PS5

O novo PlayStation VR2 já tem data para chegar ao Brasil e preço. De acordo com a Sony, a nova geração de óculos de realidade virtual será lançada no país em 22 de fevereiro e custará R$ 4.499,90 — quase o mesmo preço do PlayStation 5.

O anúncio foi feito pela empresa na manhã desta quarta-feira (2) em seu blog oficial. Segundo ela, o dispositivo será lançado em duas versões. A básica trará apenas o headset com um par de controles PS VR2 Sense e fones de ouvido estéreo. Já quem quiser comprar o kit já com um jogo pode optar pela versão que acompanha o game Horizon: Call of the Mountain. Nesse caso, o bundle chegará às lojas por R$ 4.799,90.

A pré-venda dos novos óculos de realidade virtual começam no próximo dia 15 de novembro nas lojas parceiras. De acordo com a Sony, mais informações devem ser compartilhadas pelos próprios varejistas em breve. Também será possível fazer a pré-compra dos jogos compatíveis com o PS VR2 a partir do dia 15.

Bundle com jogo Horizon: Call of the Mountain custará R$ 4800 e também chega em fevereiro (Imagem: Divulgação/Sony)
Bundle com jogo Horizon: Call of the Mountain custará R$ 4800 e também chega em fevereiro (Imagem: Divulgação/Sony)

Além disso, outro produto relacionado aos óculos chegará às lojas em fevereiro. Trata-se da base de carregamento do VR2 Sense, os controles exclusivos do gadget com sensores de movimento. Ela custará R$ 299,90 e é um item opcional, já que será possível carregar a bateria dos joysticks a partir de um cabo USB conectado no PlayStation 5.

A promessa da Sony com o PlayStation VR2 é dar um salto em relação à primeira geração do visor. Prova disso é que o novo dispositivo terá resolução 4000 x 2040 HDR — 2000 x 2040 por olho. Isso é mais do que o dobro do primeiro PS VR, que chegava a apenas 960 x 1080 por olho.

Base carregadora custará R$ 300 e é opcional (Imagem: Divulgação/Sony)
Base carregadora custará R$ 300 e é opcional (Imagem: Divulgação/Sony)

Com isso, a gigante japonesa promete uma “experiência de jogos de próxima geração legítima”. Resta saber se isso vai se confirmar também na qualidade dos jogos, já que a falta de títulos de peso foi uma das principais críticas em relação ao modelo anterior. Vale lembrar que, para usar o PS VR2, será preciso um PlayStation 5, já que ele não será compatível com o console anterior.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: