Mercado fechará em 3 h 5 min
  • BOVESPA

    108.185,93
    -216,34 (-0,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.150,77
    -204,09 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,64
    -1,12 (-1,23%)
     
  • OURO

    1.811,70
    +6,50 (+0,36%)
     
  • BTC-USD

    23.112,93
    -822,06 (-3,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    536,24
    -21,11 (-3,79%)
     
  • S&P500

    4.115,73
    -24,33 (-0,59%)
     
  • DOW JONES

    32.784,74
    -47,80 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.488,15
    +5,78 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    20.003,44
    -42,33 (-0,21%)
     
  • NIKKEI

    27.999,96
    -249,28 (-0,88%)
     
  • NASDAQ

    12.980,25
    -203,00 (-1,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2462
    +0,0368 (+0,71%)
     

PlayStation conclui aquisição da Bungie, de Destiny

A Sony Interactive Entertainment (SIE) concluiu a compra da Bungie, desenvolvedora de Destiny 2 e de diversos títulos da franquia Halo. A dona da marca Playstation aplicou US$ 3,6 bilhões, cerca de R_jobs(data.conteudo)nbsp;20 bilhões na cotação atual, na aquisição.

A consolidação do acordo, que aguardava autorização judicial, foi comunicada nas redes sociais de PlayStation. “O acordo da aquisição da Bungie foi fechado. Agora podemos oficialmente dizer... Bem vinda à família PlayStation, Bungie”, escreveu a marca. A Bungie passa a ser “uma subsidiária independente” da SIE, administrada por um conselho composto pelo atual CEO e presidente Pete Parsons e o restante da atual equipe de gerenciamento do estúdio.

Futuro da Bungie

Apesar da compra, a Sony declarou que a Bungie continuará um estúdio multiplataforma. Ou seja, jogos de Destiny e outras produções da equipe devem continuar disponíveis nos computadores e consoles Xbox. Rumores indicam, inclusive, que a Bungie pode estar trabalhando em uma versão para dispositivos móveis de Destiny.

De acordo com fontes anônimas ouvidas pelo site The Game Post, a Bungie pode unir-se à NetEase Games (Diablo) para produzir um novo jogo mobile para a franquia de ação e tiro online. Ainda segundo os rumores, o suposto Destiny mobile pode estar em desenvolvimento há mais de dois anos e seria uma aventura em primeira pessoa ambientada no universo da franquia.

A estratégia de negócios da Sony para os próximos anos inclui trazer mais títulos PlayStation para os computadores e dispositivos móveis, além de aumentar o investimento na produção de jogos como serviço, como Destiny.

Bungie já produziu exclusivos Xbox

Essa não é a primeira vez que a Bungie é comprada por uma publicadora. Em 2000, a Microsoft adquiriu o estúdio para trabalhar em sequências da série de jogos Halo. A Bungie recuperou a independência logo após o lançamento de Halo 3, em outubro de 2007, ficando a cargo ainda da produção de mais dois jogos exclusivos de Halo: ODST e Halo: Reach. Com o fim da parceria com a Microsoft, a Bungie assinou um contrato de 10 anos com a Activision, que resultou na criação de Destiny.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos