Mercado fechará em 4 h 55 min
  • BOVESPA

    109.904,10
    +789,95 (+0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.233,87
    +425,31 (+0,95%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,57
    +1,86 (+2,42%)
     
  • OURO

    1.643,20
    +9,80 (+0,60%)
     
  • BTC-USD

    20.201,49
    +1.059,19 (+5,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    461,93
    +2,79 (+0,61%)
     
  • S&P500

    3.689,30
    +34,26 (+0,94%)
     
  • DOW JONES

    29.479,01
    +218,20 (+0,75%)
     
  • FTSE

    7.045,06
    +24,11 (+0,34%)
     
  • HANG SENG

    17.860,31
    +5,17 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.485,50
    +169,25 (+1,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1481
    -0,0313 (-0,60%)
     

PlayStation compra estúdio focado em jogos mobile

A Sony anunciou, nesta segunda-feira (29), a compra da Savage Game Studios. A desenvolvedora focada na produção de jogos para dispositivos móveis irá compor a família PlayStation, em meio a estratégia da Sony de trazer metade dos seus lançamentos de jogos para computadores e celulares até 2025.

A Savage Game se juntará à recém-criada divisão PlayStation Studios Mobile, que opera independentemente do desenvolvimento de jogos para consoles. Dentro da divisão novata, a Savage irá atuar na produção de projetos baseados em propriedades intelectuais da Sony e novos lançamentos para o ambiente mobile. O estúdio trabalha atualmente em um jogo inédito de grande orçamento para celulares. O projeto não anunciado será um jogo de ação, com elementos de jogo como serviço.

Savage Game mostrou novo escritório em Berlim, na Alemanha, em postagem no Linkedin. (Imagem: Reprodução/Linkedin)
Savage Game mostrou novo escritório em Berlim, na Alemanha, em postagem no Linkedin. (Imagem: Reprodução/Linkedin)

A Savage Game Studios foi fundada em 2020 e constantemente trabalha trazendo jogos de grandes franquias para o mercado mobile. A desenvolvedora é reconhecida no mercado pela criatividade e capacidade de experimentar e assumir riscos em seus projetos. Qualidades que a Sony declarou que irá respeitar, em postagem no blog oficial de PlayStation.

“Queremos permanecer [um estúdio] pequeno e ágil, tomando as próprias decisões”, destacou Michail Katkoff, CEO da Savage Game. “Fizemos esse acordo [de venda] porque acreditamos que a liderança da PlayStation Studios respeita nossa visão de como podemos operar e ter sucesso, e porque eles também não têm medo de arriscar. Tudo isso, além da capacidade de potencialmente explorar o incrível catálogo do PlayStation e o fato de nos beneficiarmos do tipo de suporte que somente eles podem fornecer”, completou Katkoff sobre o acordo.

Sony promete manter operação nos consoles

Apesar de intensificar a presença de jogos da marca PlayStation nos computadores, a Sony garantiu na postagem em que anunciou a compra da Savage, que o foco da empresa continuará na produção para consoles.

“Como garantimos antes de trazer títulos selecionados para o PC, nossos esforços além do console não diminuem de forma alguma nosso compromisso com a comunidade PlayStation, nem nossa paixão em continuar criando experiências incríveis para um jogador e baseadas em narrativas”, escreveu Hermen Hulst, presidente da PlayStation Studios.

O executivo da Sony definiu a incursão da empresa para além do PlayStation 5 como uma oportunidade de apresentar as propriedades intelectuais do catálogo para mais jogadores.

“Nossos esforços de jogos para dispositivos móveis serão igualmente aditivos, fornecendo mais maneiras de mais pessoas se envolverem com nosso conteúdo e se esforçando para alcançar novos públicos não familiarizados com o PlayStation”, argumentou Hulst.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: