Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    45.402,59
    -1.203,77 (-2,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

PlayStation 5 | Sony é processada devido a problemas no DualSense

Felipe Ribeiro
·2 minuto de leitura

O PlayStation 5 foi lançado em novembro do ano passado e colhe bons frutos comerciais, com vendas sólidas e um futuro brilhante pela frente em termos de jogos. No entanto, o videogame da Sony tem sofrido com alguns problemas técnicos envolvendo o DualSense, uma das melhores novidades da nova geração. Como se não bastasse, esse problema agora começa a ir para a esfera jurídica, com pessoas processando a empresa.

O joystick tem apresentado um defeito conhecido como "drift", que nada mais é quando um dos analógicos (ou os dois) fica preso em uma só direção, fazendo com que seja impossível jogar qualquer tipo de jogo e irritando — e muito — os jogadores mundo afora. Como a Sony não apresentou uma solução definitiva para esse defeito, as firmas Chimicles Schwartz Kriner e Donaldson-Smith, com sede em Nova Iorque, abriram uma ação judicial alegando que a gigante japonesa lançou um produto falho e que não está agindo corretamente para resolver.

“A Sony está — e sempre esteve — ciente do problema de drift por meio de reclamações online de consumidores, reclamações feitas por consumidores diretamente a ela e por meio de seus próprios testes de pré-lançamento. Como resultado das práticas comerciais injustas, enganosas e/ou fraudulentas da Sony, os proprietários de controladores DualSense sofreram uma perda verificável, lesão de fato e foram prejudicados pela conduta da Sony", disseram as empresas no processo coletivo registrado em Nova Iorque.

Imagem: Sony
Imagem: Sony

A Sony dos Estados Unidos ainda não se manifestou sobre o caso, mas alguns relatos na internet mostram que a empresa tem solicitado aos clientes que enviem o controle defeituoso por correio para que os reparos sejam feitos ou, se necessário, a troca do periférico. Como se trata de um produto novo, todos ainda estão em garantia e a empresa precisa, obrigatoriamente, solucionar o caso sem custos para seus clientes.

Como fazer em caso de defeito?

Se você estiver no Brasil e for um "felizardo" com o drift no DualSense, a solução não é difícil, mas demora um pouquinho. Ao acessar a página oficial de suporte por aqui, há o telefone para quem mora em São Paulo e região metropolitana, que é (11) 3351-7090, e para quem mora em outras localidades, o 0800 724 8310.

No chamado, lhe serão solicitadas algumas informações, como seu usuário de PSN e o defeito apresentado no produto. Por protocolo, o atendente vai te pedir para fazer alguns testes, então, ligue o PS5 durante a ligação. Somente depois disso, você terá que enviar a nota fiscal de compra e um código fiscal que lhe permitirá enviar o controle por correio sem custos.

Comprovado o envio, a Sony dá até 10 dias úteis para o conserto do controle e mais cinco dias para lhe enviar o mesmo produto, só que consertado, ou um novo periférico.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: