Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.564,44
    +1.852,44 (+1,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.399,80
    +71,60 (+0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,06
    -0,57 (-0,87%)
     
  • OURO

    1.784,40
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    56.813,49
    +2.118,30 (+3,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.462,34
    +57,03 (+4,06%)
     
  • S&P500

    4.167,59
    +2,93 (+0,07%)
     
  • DOW JONES

    34.230,34
    +97,31 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.039,30
    +116,13 (+1,68%)
     
  • HANG SENG

    28.417,98
    -139,16 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    29.186,22
    +373,59 (+1,30%)
     
  • NASDAQ

    13.506,25
    +15,25 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4253
    -0,0016 (-0,02%)
     

PlayStation 4 não roda jogos se a bateria CMOS estiver descarregada

Ramon de Souza
·2 minuto de leitura

Muita gente nem sequer imagina, mas existe uma pequena bateria dentro do PlayStation 4. Ela é um pouco maior do que uma moeda de R$ 1 e serve para um único propósito: prover energia para o relógio interno do console, mesmo quando você o retira da tomada. O problema é que, por mais que isso possivelmente demore anos para acontecer, essa pilha possui uma vida útil e eventualmente vai descarregar, exigindo que você leve o videogame para uma assistência técnica no intuito de trocá-la.

Até aí, tudo bem — o problema é que, recentemente, começaram a surgir rumores de que, uma vez que essa tal bateria “morrer”, o PlayStation 4 lhe impediria de executar qualquer jogo (seja ele físico ou digital), uma vez que o mal-funcionamento do relógio interno poderia atrapalhar o sistema de troféus. A única maneira de continuar jogando seria mantendo uma conexão com a internet (PlayStation Network), já que essa comunicação com a web substituiria pontualmente a CMOS.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Para tirar a dúvida se os boatos são verdadeiros ou não, um usuário do Twitter, conhecido simplesmente como Forest, resolveu fazer um teste simples: com conhecimentos o suficiente de eletrônica, ele comprou um PS4 Slim e retirou por contra própria a pilha da discórdia. Eis a confirmação: de fato, o console se recusa a executar qualquer jogo, apresentando uma tela azul com o erro de código CE-30391-6. De acordo com Forest, tentar forçar algum título a rodar pode corrompê-lo caso a mídia seja digital.

Claro, esse não é um problema muito grave — afinal, a maior parte dos usuários do PlayStation 4 utilizam a PlayStation Network. Ademais, a estimativa de vida útil de uma bateria CMOS fica entre 5 e 10 anos; logo, não é um problema que você deve se preocupar tão cedo. Ainda assim, vale a pena acompanhar o caso para descobrir como a Sony vai se posicionar a respeito dessa questão, pois certamente muitos gamers ficarão desapontados com esse pequeno “detalhe”.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: