Mercado abrirá em 8 h 35 min
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,76
    -0,29 (-0,40%)
     
  • OURO

    1.790,20
    +5,50 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    50.407,13
    -494,94 (-0,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.302,93
    -18,35 (-1,39%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    24.038,70
    +55,04 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    28.774,05
    +318,45 (+1,12%)
     
  • NASDAQ

    16.407,75
    +89,75 (+0,55%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3534
    +0,0137 (+0,22%)
     

PlayStation 4: ainda vale a pena comprar?

·5 min de leitura

O PlayStation 5 está prestes a completar um ano de vida, mas ainda estamos longe de ver uma queda no preço que o torne um console viável para muitos consumidores. Felizmente, quem pensa em jogar os títulos exclusivos da Sony que chegarão em 2022 não precisa pular para a nova geração, pois o PlayStation 4 (PS4) ainda é um videogame competente e será agraciado com alguns deles.

Originalmente, o PlayStation 4 foi lançado em 2013, mas ganhou novas versões em 2016 que podem ser encontrados tanto novos quanto usados até hoje: o PlayStation 4 Slim, que substituiu o modelo original com uma roupagem mais compacta; e o PlayStation 4 Pro, variante mais potente que roda jogos em até 4K.

Mas, afinal, qual PS4 vale mais a pena em 2021? É melhor comprar um PlayStation 4 novo ou usado? Eu analisei todos os prós e contras e te respondo tudo nos próximos parágrafos!

PlayStation 4: diferenças entre os modelos

Bom, antes de tudo, precisamos falar dos modelos de PlayStation 4 lançados ao longo destes oito anos. O primeiro foi o PS4 original (também conhecido como PS4 Fat), lançado em 2013. O que ajuda a diferenciá-lo em relação ao Slim são as dimensões maiores — daí vieram os nomes “Fat” e “Slim” —, além de um visual que apresentava uma região externa com dois tipos de acabamento, liso e fosco.

PlayStation 4 Fat tem detalhes em Black Piano (Imagem: Divulgação/Sony)
PlayStation 4 Fat tem detalhes em Black Piano (Imagem: Divulgação/Sony)

Internamente, o PlayStation 4 original consegue reproduzir jogos em 1080p (Full HD) a até 60 quadros por segundo (fps) dependendo do título, sem contar a capacidade de ler DVDs Blu-Ray. Ele era vendido em uma única versão com HD de 500 GB.

Após a descontinuação do PlayStation 4 original, o PlayStation 4 Slim, de 2016, se tornou o modelo mais básico da quarta geração do console. Ele recebeu pouquíssimas melhorias internas, ainda conseguindo rodar jogos em 1080p a até 60 fps, mas ganhou uma variante com HD de 1 TB. Seu design, entretanto, foi todo retrabalhado, agora com um acabamento todo fosco em toda a região externa e corpo mais fino.

O PS4 Slim é mais fino (Imagem: Divulgação/Sony)
O PS4 Slim é mais fino (Imagem: Divulgação/Sony)

Para este texto, decidimos descartar o PlayStation 4 original por não ser mais fabricado e vendido pela Sony. Portanto, consideraremos o PS4 Slim como o modelo mais básico.

Por fim, temos o PlayStation 4 Pro. Também lançado em 2016, o console não trouxe muitas melhorias no design, mas ganhou suporte a jogos em 4K e maior fluidez no sistema. Atualmente, o modelo Pro não é mais fabricado pela Sony, somente o PS4 Slim continua sendo produzido pela empresa.

O PS4 Pro roda jogos em até 4K (Imagem: Divulgação/Sony)
O PS4 Pro roda jogos em até 4K (Imagem: Divulgação/Sony)

PlayStation 4: biblioteca de jogos e exclusivos

Um dos principais fatores que levam os consumidores a comprarem um Playstation são os jogos exclusivos da Sony. Embora o PlayStation 4 já esteja com a sua vida útil quase no fim, você ainda tem disponível dezenas de títulos aclamados disponíveis apenas na biblioteca da empresa, como as franquias The Last Of Us, God of War, Gran Turismo, Uncharted, Spider-man — só para citar os mais populares.

Além disso, a própria Sony já confirmou que lançará God of War: Ragnarok e Horizon Forbidden West, ambos previstos para 2022, para o PlayStation 4. Obviamente, você não terá os gráficos extraordinários nem os tempos de carregamento quase inexistentes da nova geração, mas ainda assim conseguirá rodá-los com boa qualidade.

Vale mencionar, também, os milhares de títulos já lançados para o console da Sony, que devem render centenas de horas de diversão por bastante tempo.

PlayStation 4: variedade de acessórios

Outro motivo que pode levar os consumidores a comprarem um PlayStation 4 atualmente é a grande variedade de acessórios que ele suporta. Atualmente, ele é o único do mercado que ainda é compatível com jogos em realidade aumentada, já que o PS VR ainda não funciona com o novo PS5 — a Sony anunciou a novidade, mas ainda está em desenvolvimento.

PS VR em conjunto com o PS Move (Imagem: Divulgação/Sony)
PS VR em conjunto com o PS Move (Imagem: Divulgação/Sony)

Além disso, várias empresas já produziram gadgets compatíveis com o PlayStation 4 que são bem mais baratos que as soluções proprietárias da Sony, indo desde headsets a controles e pads de carregamento. Simuladores de volante, instrumentos musicais e o já conhecido PS Move, para jogar aquele Just Dance com os amigos, também são outros atrativos.

PlayStation 4: novo ou usado?

Atualmente, o PlayStation 4 Slim pode ser encontrado no Brasil entre R$ 2.500 e R$ 3.000. Os varejistas nacionais geralmente vendem os chamados "Mega Pack" — ou Mega Pacote —, que inclui um ou dois controles DualShock 4, além de alguns jogos bem populares. Ou seja, pode ser uma boa opção para quem ainda não quer gastar cerca de R$ 5.000 no PlayStation 5 e já tirar o console da caixa jogando.

Comprar um PlayStation 4 usado também não é um mau negócio. Em uma pesquisa rápida na OLX, plataforma de troca e venda de produtos, encontrei o console em boas condições custando entre R$ 1.600 e R$ 2.000. Alguns podem vir com dois controles, jogos físicos inclusos ou outros acessórios. Portanto, procure bem o que mais lhe atende.

Um "trabalho extra" que você terá ao optar por comprar um PS4 usado é, justamente, a sua condição. Avarias, marcas de uso (arranhados ou amassados), conexão, recursos sem fio, tudo isso precisará ser verificado antes da compra para evitar golpes. Além disso, sempre desconfie de preços muito abaixo do padrão, pois a chance de ter algo defeituoso é alta.

PlayStation 4: vale a pena comprar?

Sem dúvidas, ainda vale a pena comprar um PlayStation 4. Alguns dos jogos mais aguardados para 2022 vão sair para o console da Sony, e seu desempenho ainda é ótimo para quem procura jogar com boa qualidade sem precisar gastar R$ 5.000 no PS5.

Vale mencionar que há rumores de que a Sony pretende lançar jogos para o PlayStation 4 até 2023, completando, assim, 10 anos de vida útil. Até lá, é possível que o PlayStation 5 se torne mais acessível para os consumidores.

E aí, você tem um PS4 ou pretende comprar um? Conte-nos sua experiência nas nossas redes sociais!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos