Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.197,82
    +967,70 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.845,83
    -200,75 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,03
    +1,51 (+1,75%)
     
  • OURO

    1.725,00
    -5,50 (-0,32%)
     
  • BTC-USD

    20.028,08
    -325,61 (-1,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    456,09
    -2,31 (-0,50%)
     
  • S&P500

    3.783,28
    -7,65 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    30.273,87
    -42,45 (-0,14%)
     
  • FTSE

    7.052,62
    -33,84 (-0,48%)
     
  • HANG SENG

    18.087,97
    +1.008,46 (+5,90%)
     
  • NIKKEI

    27.120,53
    +128,32 (+0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.628,00
    -12,75 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1356
    -0,0323 (-0,63%)
     

Play Store vai mostrar avaliações de apps usados em celulares iguais ao seu

O Google adicionou um filtro para melhorar a visualização das classificações da Play Store por dispositivo. A ideia é que você veja avaliações apenas de quem tem o mesmo tipo de aparelho e região geográfica, porque assim dá para saber quais são as vantagens, as desvantagens e os eventuais bugs daquela versão.

Cada utilizador poderá filtrar os reviews de apps para celular, tablet, smartwatch, Chromebook ou smartTV. Isso vai ser útil para softwares que rodam bem no PC, mas são ruins nas telas menores de um smartphone, por exemplo.

Todas as avaliações serão específicas do aparelho selecionado e estarão preferencialmente no seu idioma. O ajuste vai oferecer mais contexto além das estrelas, que nem sempre ajudam a saber se um programa ou game é bom.

A separação por dispositivo sempre existiu na loja oficial do Google, mas ela não funcionava como um filtro. Em vez disso, você precisaria olhar uma a uma cada avaliação para ver qual era do seu aparelho — e ainda corria o risco de ler algo em inglês, espanhol ou outra língua diferente da sua.

Filtragem automática por dispositivo e região

A melhor parte é que a pessoa não precisará alterar nenhuma configuração nem marcar caixas especiais para tirar proveito do recurso. Assim que estiver online a todos, essa seleção será automatizada para facilitar as coisas.

Este é um recurso anunciado em dezembro do ano passado e estava previsto para chegar no início de 2022. Na época, era preciso ter uma conta do Google logada em todos os dispositivos e configurá-lo manualmente na hora da busca. O atraso está possivelmente relacionado à renovação visual feita pelo Google na Play Store nos últimos meses.

Mesmo que pareça ser algo pequeno, a mudança deve facilitar bastante a vida de quem pesquisa por apps. Sabendo que o software roda ruim no seu dispositivo, talvez você queria procurar por uma alternativa — ou, quem sabe, ver se existe uma solução aprimorada para outra plataforma.

O Google tem feito mudanças substanciais na loja para oferecer a melhor experiência possível. Nesta semana, a empresa anunciou uma medida para evitar manipulação e ataques contra desenvolvedores. Todas as avaliações terão a publicação atrasada em até 24 horas para permitir ao algoritmo e aos moderadores analisarem possíveis comportamentos atípicos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: