Mercado abrirá em 23 mins
  • BOVESPA

    111.539,80
    +1.204,97 (+1,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.682,19
    +897,61 (+2,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,70
    +0,95 (+1,59%)
     
  • OURO

    1.722,60
    -11,00 (-0,63%)
     
  • BTC-USD

    51.758,22
    +2.841,50 (+5,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.033,49
    +45,39 (+4,59%)
     
  • S&P500

    3.870,29
    -31,53 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.391,52
    -143,99 (-0,46%)
     
  • FTSE

    6.667,73
    +53,98 (+0,82%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.127,00
    +71,75 (+0,55%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8791
    +0,0170 (+0,25%)
     

Plataforma Robinhood obtém financiamento de US$ 3,4 bi após especulações em Wall Street

·2 minuto de leitura
Logos da rede de lojas de videogame GameStop e da plataforma de corretagem Robinhood

A plataforma de corretagem online Robinhood, que experimentou um repentino aumento na demanda no rastro de uma cruzada contra grandes fundos de Wall Street sobre as ações da GameStop e de outras companhias, informou nesta segunda-feira (1) ter obtido 3,4 bilhões de dólares em financiamento.

Na semana passada, a empresa foi exposta em meio a uma batalha na bolsa de Nova York, na qual um grupo de operadores desafiou o "establishment" e, em poucas sessões, fez a ação das lojas de videogames GameStop subir a um ritmo desconcertante.

As ações da GameStop são alvo de uma prática especulativa adotada por grandes fundos de investimento, que consiste em vender antecipadamente ações apostando em uma queda de seus preços com a finalidade de recomprá-las mais barato posteriormente.

Contrariando este princípio, o grupo enfrentou gigantes do mercado e comprou maciçamente ações da empresa para aumentar seu preço artificialmente.

As autoridades do mercado americano, a SEC, estão investigando o caso.

Enquanto isso, a Robinhood, usada principalmente por 'milenials' (pessoas nascidas entre os anos 1980 e 2000), experimentou um crescimento recorde de clientes e foi inundada por solicitações de títulos especulativos como os da GameStop ou dos cinemas AMC, e por isso precisou fortalecer seu patrimônio.

Dada a volatilidade destas ações, a plataforma de intermediação deve ter um sólido nível de liquidez para garantir a solvência das transações. Em caso de aumento da demanda, requerem-se quantias de compensação maiores.

O aplicativo foi, no entanto, alvo da ira dos operadores, ao restringir a varejistas a compra de ações da GameStop e outras ante a escalada.

Até mesmo a congressista da ala progressista do Partido Democrata Alexandria Ocasio-Cortez fez críticas e pediu a investigação da empresa no Twitter por bloquear varejistas enquanto fundos multimercados ('hedge funds') poderiam operar irrestritamente.

Em uma publicação em seu blog, a Robinhood destacou que "este financiamento é um forte sinal de confiança de parte dos investidores e nos ajudará a construir para o futuro e continuar servindo às pessoas através do crescimento exponencial que vimos este ano".

Segundo o The Wall Street Journal, o montante é superior a tudo o que foi arrecadado pelo grupo desde a sua criação, em 2013.

"Estamos vendo um movimento de gente comum, que assume o controle do seu próprio futuro financeiro, muitos investindo pela primeira vez através da Robinhood", indicou a empresa.

"A Robinhood serviu a milhões de pessoas que se sentiram relegadas pelo sistema financeiro dos Estados Unidos. Confiamos em que a Robinhood emergirá mais forte através desta fase de crescimento e demanda sem precedentes", disse Micky Malka, sócio gerente da Ribbit Capital, que liderou a rodada de financiamento.

vmt/dho/mls/rsr/mvv