Mercado abrirá em 7 h 24 min
  • BOVESPA

    120.636,39
    -605,24 (-0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.495,41
    -962,61 (-2,07%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,35
    +0,37 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.849,70
    +9,50 (+0,52%)
     
  • BTC-USD

    35.235,05
    -659,20 (-1,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    698,57
    -16,62 (-2,32%)
     
  • S&P500

    3.798,91
    +30,66 (+0,81%)
     
  • DOW JONES

    30.930,52
    +116,26 (+0,38%)
     
  • FTSE

    6.712,95
    -7,70 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    29.718,86
    +76,58 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    28.452,95
    -180,51 (-0,63%)
     
  • NASDAQ

    13.026,50
    +41,00 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5055
    +0,0069 (+0,11%)
     

Plantio de soja avança para 93% da área no RS; chuvas favorecem lavouras

·1 minuto de leitura
Lavouras de soja (à esquerda) e milho em Cruz Alta, RS

SÃO PAULO (Reuters) - O plantio da soja alcançou 93% da área prevista para o Rio Grande do Sul em 2020/21, de mais de 6 milhões de hectares, após um atraso inicial decorrente da seca.

O desenvolvimento agora foi favorecido pelas precipitações ocorridas na última semana, "apesar de volumes e intensidades variadas nas diversas regiões produtoras do Estado", disse a Emater em nota nesta quarta-feira.

O Estado é o terceiro produtor de soja do Brasil, atrás de Mato Grosso e Paraná.

No milho, as chuvas na maioria das regiões do Estado também colaboraram com o avanço dos plantios, que já alcançam 90% da área, além de contribuírem para a melhoria do desenvolvimento dos cultivos.

Segundo a Emater, 29% das lavouras de milho implantadas estão em germinação e desenvolvimento vegetativo, 18% estão em floração, 35% em enchimento de grãos, 14% em maturação e 4% já foram colhidas.

Apesar de esparsas e com volumes variados, as precipitações ainda contribuíram para a reposição dos mananciais hídricos e o desenvolvimento dos cultivos de arroz, que estão 94% em germinação e desenvolvimento vegetativo e 6% em floração, segundo a Emater.

(Por Redação São Paulo)