Mercado abrirá em 3 h 26 min
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.126,51
    +442,96 (+0,99%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,55
    -0,22 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.854,60
    -0,60 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    31.806,61
    -561,67 (-1,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    642,75
    -34,15 (-5,05%)
     
  • S&P500

    3.855,36
    +13,89 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.960,00
    -36,98 (-0,12%)
     
  • FTSE

    6.672,66
    +33,81 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    29.391,26
    -767,75 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    28.546,18
    -276,11 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.411,75
    -63,75 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6920
    +0,0558 (+0,84%)
     

Planos de saúde ficarão mais caros; saiba se você será atingido

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
Hospital, Bank, Medical Building, Healthcare And Medicine, Calculator
Hospital, Bank, Medical Building, Healthcare And Medicine, Calculator

Além dos aluguéis mais caros, quem tem plano de saúde também começou 2021 bastante preocupado. Os reajustes de valores para 2020, suspensos em razão da pandemia, começarão a ser cobrados neste mês para 20 milhões de usuários.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Além da correção anual, os beneficiários poderão ter que arcar com um possível reajuste de faixa etária. Os custos retroativos serão somados ainda com o aumento deste ano. Ou seja, quem tem plano de saúde, prepare o bolso.

Leia também:

A Agência Nacional de Saúde Suplementar determinou que o reajuste deverá ser de até 8,14% para os planos individuais ou familiares contratados a partir de janeiro de 1999 ou adaptados à Lei nº 9.656/98. O índice é válido para o período entre maio de 2020 e abril de 2021.

Esses valores que deixaram de ser cobrados em 2020 serão enviados direto no boleto do beneficiário, podendo parcelar em até 12 parcelas, como foi feito com as contas de luz em São Paulo, por exemplo. O boleto deverá apresentar informações detalhadas sobre os reajustes, incluindo o número da parcela.

Quem terá que pagar?

  • Beneficiários com planos individuais novos ou adaptados, empresariais com até 29 dependentes e coletivos por adesão que tiveram o reajuste anual suspenso

  • Usuários que mudaram de faixa etária em 2020 e não tiveram o novo valor cobrado no período também pagarão o valor

Ficam de fora contratos antigos e planos empresariais que já tivessem negociado reajuste até o fim de agosto ou aqueles em que a própria empresa preferiu não ter o reajuste suspenso.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube