Mercado abrirá em 8 h 49 min
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,92
    -0,21 (-0,33%)
     
  • OURO

    1.777,90
    -2,30 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    57.044,12
    -2.328,41 (-3,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.296,52
    -95,19 (-6,84%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    29.198,74
    +229,03 (+0,79%)
     
  • NIKKEI

    29.769,65
    +86,28 (+0,29%)
     
  • NASDAQ

    14.040,25
    +10,75 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6718
    -0,0143 (-0,21%)
     

Plano SP contra COVID-19: saiba o que abre e fecha durante a Fase Vermelha

Fidel Forato
·3 minuto de leitura

A partir deste sábado (6), todo o estado de São Paulo retrocederá para a Fase Vermelha — considerada a mais severa e restritiva — do plano de contingenciamento contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Atualmente, São Paulo enfrenta o pior momento da COVID-19 desde a chegada do agente infeccioso na capital, em fevereiro de 2020. As novas medidas para mitigar o contágio valerão inicialmente até o dia 19 deste mês, mas poderão ser prorrogadas.

Na Fase Vermelha do Plano SP, apenas serviços considerados essenciais — como mercado, farmácias, postos de combustíveis e escolas — poderão permanecer abertos, desde que reduzam a capacidade do público. O objetivo da medida restitiva é derrubar o contágio do coronavírus entre a população do estado.

Para conter avanço da COVID-19, SP restringe circulação de pessoas (Imagem: Reprodução/ Governo de São Paulo)
Para conter avanço da COVID-19, SP restringe circulação de pessoas (Imagem: Reprodução/ Governo de São Paulo)

Na terça-feira (2), o estado registrou o maior número de mortes em decorrência da COVID-19, em um intervalo de 24h, desde o início dos registros da infecção, totalizando 468 novas mortes. Enquanto isso, a média móvel de mortes — índice que considera os registros dos últimos sete dias — é de 276 óbitos por dia nesta sexta-feira (5).

Ainda nesta semana, o estado registrou o recorde de ocupação de UTIs, de mortes por coronavírus em 24h e de pacientes internados em decorrência da COVID-19. Na quinta-feira (4), as taxas de ocupação dos leitos de UTI era de 77,9% na Grande São Paulo e 76,3% no estado. Além disso, o número de pacientes internados é de 17.802, sendo 9.910 em enfermaria e 7.892 em unidades de terapia intensiva, conforme dados divulgados pela Secretaria de Saúde de SP.

Com alta de casos do coronavírus, governo de SP fecha atividades não essenciais (Imagem: Reprodução/ Governo de São Paulo)
Com alta de casos do coronavírus, governo de SP fecha atividades não essenciais (Imagem: Reprodução/ Governo de São Paulo)

Diante da situação do novo coronavírus do estado de São Paulo, o governo impôs novos medidas que buscam restringir a circulação de pessoas e, consequentemente, evitar a transmissão da COVID-19. Além disso, foi adotado o "toque de restrição" — mais uma medida para controlar a circulação de pessoas em horários determinados —, das 20h às 5h, durante todos os dias da semana. Quem estiver na rua durante este período e for abordado por policiais pode receber orientações ou multas, dependendo do caso.

A seguir, confira uma lista completa das atividades que poderão continuar funcionando durante a Fase Vermelha e aquelas que não serão permitidas, de acordo com o governo de São Paulo.

O que estará fechado na Fase Vermelha?

  • Festas, aglomerações e reuniões com mais de 10 pessoas;

  • Shoppings, galerias e comércio de rua;

  • Bares e restaurantes (a exceção será para entregas);

  • Salões de beleza, cabeleireiros e barbearias;

  • Atividades culturais, cinemas, teatros e casas de shows;

  • Academias de esporte e centros de ginástica;

  • Universidades (a exceção é para cursos específicos, como os da área de saúde);

  • Eventos, convenções e atividades culturais;

  • Concessionárias;

  • Parques públicos e praias (dependendo das prefeituras locais).

O que fica aberto na Fase Vermelha?

  • Farmácias;

  • Hospitais, clínicas médicas e clínicas odontológicas;

  • Estabelecimentos de saúde animal, como veterinários;

  • Mercados, supermercados, açougues e padarias (sem consumo no local);

  • Feiras livres (sem consumo no local);

  • Escolas públicas e provadas (com até 35% de ocupação), de forma opcional;

  • Cursos da área de saúde em universidades;

  • Igrejas e atividades religiosas (com até 30% de ocupação);

  • Serviços bancários e lotéricas;

  • Atendimento exclusivo de delivery, retirada ou drive-thru de restaurantes;

  • Hotéis;

  • Lavanderias, serviços de limpeza, manutenção e zeladoria;

  • Serviços de call center;

  • Assistência técnica de produtos eletrônicos;

  • Serviços públicos e privados de segurança;

  • Atividades da construção civil, como obras e construções;

  • Empresas de locação de veículos e oficinas de veículos;

  • Transporte público, táxis, aplicativos de transporte e serviços de entrega;

  • Postos de combustíveis;

  • Produção agropecuária e agroindústria;

  • Lojas de materiais de construção;

  • Campeonatos de futebol (sem a presença dos torcedores).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: