Mercado fechará em 3 h 48 min
  • BOVESPA

    110.820,00
    +1.926,68 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.269,66
    +490,79 (+1,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,81
    -0,53 (-1,17%)
     
  • OURO

    1.815,60
    +34,70 (+1,95%)
     
  • BTC-USD

    19.434,16
    +34,40 (+0,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    381,82
    +1,96 (+0,52%)
     
  • S&P500

    3.669,42
    +47,79 (+1,32%)
     
  • DOW JONES

    30.023,56
    +384,92 (+1,30%)
     
  • FTSE

    6.389,83
    +123,64 (+1,97%)
     
  • HANG SENG

    26.567,68
    +226,19 (+0,86%)
     
  • NIKKEI

    26.787,54
    +353,92 (+1,34%)
     
  • NASDAQ

    12.410,50
    +133,50 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3030
    -0,0582 (-0,91%)
     

Planeta 5 vezes maior que a Terra é encontrado a 198 anos-luz de distância

Daniele Cavalcante
·2 minuto de leitura

Astrônomos da Universidade Estadual da Pensilvânia descobriram um novo planeta na órbita da TOI-1728, uma estrela inativa do tipo M0, localizada a 198 anos-luz de distância na constelação de Camelopardalis. Embora a estrela de 7,1 bilhões de anos seja menor e menos massiva que o Sol, o planeta é 5 vezes o tamanho da Terra.

O TOI-1728b, nome dado ao planeta por ter sido o primeiro já encontrado neste sistema estelar, gira ao redor de sua estrela a cada 3,5 dias em uma órbita circular. Ou seja, um ano por lá dura apenas 3,5 dias terrestres. Este mundo tem 26,8 vezes a massa do nosso planeta, e por isso os astrônomos o classificam como um super-Netuno.

De acordo com a equipe responsável pela descoberta, este é “o maior super-Netuno em trânsito em torno de uma hospedeira anã M” já descoberto. Para encontrá-lo, eles utilizaram primiero os dados do telescópio TESS e, depois, observaram várias passagens do objeto pela sua estrela com o telescópio Richard S. Perkin no campus das Faculdades Hobart e William Smith, além do telescópio Penn State Davey.

Impressão artística do planeta TOI-1728 (Imagem: Sci-News.com)
Impressão artística do planeta TOI-1728 (Imagem: Sci-News.com)

Considerando sua massa e tamanho relativamente grandes, o TOI-1728 pode ser muito interessante no estudo de mundos, preenchendo uma lacuna existente nos diagramas astronômicos entre os planetas mais leves do tamanho de Netuno e os planetas jupiterianos, que são mais pesados e ​​conhecidos por orbitar anãs M, de acordo com os pesquisadores.

Além disso, a equipe também observou a estrela hospedeira usando o espectrógrafo Habitable-Zone Planet Finder, que fica no Telescópio Hobby-Eberly. Os astrônomos cogitam que este mundo seja um candidato interessante para espectroscopia “que pode ser usada para restringir a formação de planetas e modelos evolutivos”.

Fonte: Canaltech