Mercado fechará em 4 h 2 min
  • BOVESPA

    103.642,08
    +1.726,62 (+1,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.289,35
    +590,63 (+1,19%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,09
    +1,91 (+2,89%)
     
  • OURO

    1.787,50
    +11,00 (+0,62%)
     
  • BTC-USD

    58.530,79
    +138,68 (+0,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.494,27
    +25,19 (+1,71%)
     
  • S&P500

    4.621,03
    +54,03 (+1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.761,48
    +277,76 (+0,81%)
     
  • FTSE

    7.128,11
    +68,66 (+0,97%)
     
  • HANG SENG

    23.658,92
    +183,66 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    16.307,00
    +156,50 (+0,97%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3819
    +0,0119 (+0,19%)
     

Pixel 6 Pro passa em desmanche e surpreende por fácil remoção de tela

·2 min de leitura

Uma das maiores dificuldades quando o assunto é reparo de um celular diz respeito à sua tela. No geral, o celular se abre pela traseira, e só após a complexa remoção de bateria, placa-mãe, muitas chapas metálicas e parafusos é que alcançamos o painel frontal.

Por mais que o Google Pixel 6 esteja decepcionando a muitos pelos bugs do seu software atual, que pode até mesmo desativar o sensor biométrico, ele está trazendo uma boa notícia quanto a isto. Um desmanche do celular mostrou que o primeiro item acessível na carcaça dele é o display.

O painel é a primeira parte a se soltar quando o Pixel 6 Pro é aberto, e está conectado à placa-mãe graças a um cabo flat único. Ou seja, mesmo o sensor biométrico e outros recursos da tela têm suas conexões montadas neste único conector, o que facilita ainda mais a manutenção.

Uma dificuldade, porém, envolve a bateria: parece haver uma fita para removê-la sem esforços, mas que arrebentou antes de concluir sua possível missão. Uma solução liquida foi utilizada para remover o resto de adesivo que fixou ela na carcaça.

Grande módulo de câmeras por opção?

O módulo de câmeras, como o esperado, ocupa um grande espaço interno. Porém, é bem possível que seu tamanho avantajado tenha sido escolha estética: a caixa de lentes parece ter um espaço maior que o necessário para o sistema periscópico da lente zoom.

Por último, o desmanche mostrou que a manutenção do Pixel 6 Pro parece relativamente fácil, deixando até a impressão de que usuários menos hábeis conseguiriam trocar alguns componentes de hardware — claro, com as ferramentas corretas.

Vale lembrar, não é toda fabricante que possui produtos de fácil manutenção. Inclusive o hardware do iPhone impõe dificuldades para manutenções não autorizadas, impedindo o funcionamento do Face ID e outros caso consertos não sejam feitos pela empresa, algo que a Apple se prontificou a resolver.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos