Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.826,37
    -774,16 (-1,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Pix será devolvido em caso de fraude ou erro, diz BC

·1 minuto de leitura
Conforme anunciou hoje o Banco Central, a devolução poderá ser iniciada pela instituição do usuário recebedor, por iniciativa própria, ou por solicitação da instituição do usuário pagador
Conforme anunciou hoje o Banco Central, a devolução poderá ser iniciada pela instituição do usuário recebedor, por iniciativa própria, ou por solicitação da instituição do usuário pagador

A partir de novembro, quem for usuário do sistema Pix vai poder contar com uma mecanismo de devolução de dinheiro em caso de fraude ou falha. Conforme anunciou hoje o Banco Central, a devolução poderá ser iniciada pela instituição do usuário recebedor, por iniciativa própria, ou por solicitação da instituição do usuário pagador. As informações são do Money Times.

Caso haja uma devolução, a instituição bancária deve notificar o usuário em relação ao débito na conta. A transação também constará no extrato das movimentações. A norma está prevista para valer a partir do dia 16 de novembro.

Leia também:

Segundo o BC, o Pix já permite que o usuário que recebeu o dinheiro devolva a quantia, seja total ou parcial. A nova medida garantirá uma previsão para que as empresas façam a devolução em eventuais casos de fraude ou falha operacional.

Lançado em novembro de 2020 e já superou a marca de R$ 2 bi de transações, movimentando R$ 1,4 trilhão até 31 de maio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos