Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.477,27
    +368,69 (+1,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

'Pix' Caminhoneiro não paga nem 10% do diesel para metade da categoria

Levantamento é do Clube da Estrada, plataforma de relacionamento com caminhoneiros (Getty Images)
Levantamento é do Clube da Estrada, plataforma de relacionamento com caminhoneiros

(Getty Images)

  • Pix Caminhoneiro de R$ 1 mil não paga nem 10% do diesel para mais da metade da categoria;

  • Mais de 50% dos caminhoneiros gasta acima dos R$ 10 mil por mês com combustível;

  • Ainda assim, 66,3% acreditam que o auxílio ajudará a suavizar os gastos.

O Pix Caminhoneiro no valor de R$ 1.000 não é suficiente para pagar nem 10% dos gastos que mais da metade da categoria tem com combustível. Essa parcela dos profissionais, segundo um levantamento do Clube da Estrada, plataforma de relacionamento com caminhoneiros, gasta acima de R$ 10 mil por mês com abastecimento.

Ainda assim, 66,3% dos caminheiros ouvidos pela pesquisa acreditam que o voucher trará um alívio para o orçamento. Já outros 14,1% disseram que o problema não será resolvido com a quantia e 19,6% negaram o abrandamento nos gastos.

“Um dos objetivos do Clube da Estrada é que a sociedade entenda mais a fundo as necessidades dos caminhoneiros e os impactos de determinadas ações na sua rotina de trabalho. É um público fundamental para a economia do nosso país em diversos aspectos”, disse, ao IG, Thomas Gautier, CEO do Freto, logtech mantenedora e gestora do Clube da Estrada.

Destinado aos caminhoneiros autônomos, o auxílio foi promulgado nesta quinta-feira (14), dentro da chamada PEC Kamikaze. Só serão contemplados os trabalhadores que estão no cadastro da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), atualizado até o fim de maio, para que não haja uma corrida por novos cadastros. Estima-se que o número de beneficiados ultrapasse 872 mil.

A pesquisa foi realizada entre 02 e 11 de julho e ouviu mil caminhoneiros de todo o Brasil. Do total, 54,9% rodam acima de 9 mil km por mês e 82,7% carregam grãos com mais frequência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos