Mercado fechará em 1 h 9 min
  • BOVESPA

    111.865,20
    +3.083,05 (+2,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.331,53
    -749,80 (-1,47%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,07
    +0,83 (+1,07%)
     
  • OURO

    1.764,60
    +9,30 (+0,53%)
     
  • BTC-USD

    16.388,44
    +128,23 (+0,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    386,92
    -1,81 (-0,46%)
     
  • S&P500

    3.954,52
    -9,42 (-0,24%)
     
  • DOW JONES

    33.805,24
    -44,22 (-0,13%)
     
  • FTSE

    7.512,00
    +37,98 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    18.204,68
    +906,74 (+5,24%)
     
  • NIKKEI

    28.027,84
    -134,99 (-0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.545,50
    -70,75 (-0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4802
    -0,0690 (-1,24%)
     

Pivot Bio junta-se à AIM for Climate como parceira na corrida por inovação

BERKELEY, Califórnia, November 11, 2022--(BUSINESS WIRE)--A Pivot Bio, principal inovadora em nitrogênio do setor agrícola, se junta à Agriculture Innovation Mission for Climate (AIM for Climate) como parceira na corrida por inovação, dedicando pelo menos $291 milhões ao financiamento de desenvolvimento de produtos durante quatro anos para acelerar a adoção de fertilizantes microbianos produtores de nitrogênio resilientes ao clima.

A Pivot Bio apresentou os primeiros micróbios produtores de nitrogênio do mundo aos agricultores americanos em 2018. Desde então, a empresa apresentou vários produtos microbianos de nitrogênio para trigo, sorgo e outros grãos pequenos, além do seu produto principal para milho. Os agricultores rapidamente converteram seus programas de gestão de nitrogênio para incluir o nitrogênio produzido pelos micróbios da Pivot Bio, reduzindo sua dependência de fertilizantes sintéticos à base de nitrogênio.

"O fertilizante microbiano à base de nitrogênio tem o potencial de proporcionar, de maneira permanente e imediata, reduções em emissões de gases de efeito estufa, ao passo em que oferece também benefícios para a saúde das bacias hidrográficas, biodiversidade e margens dos agricultores", afirmou Karsten Temme, Ph.D., cofundador e CEO da Pivot Bio. "Essa pode ser uma das tecnologias mais importantes para acelerar o progresso associado às metas de desenvolvimento sustentável de 2030 do mundo."

Os micróbios da Pivot Bio aderem à raiz das plantas e convertem o nitrogênio atmosférico em uma fonte utilizável do nutriente essencial durante toda a estação de crescimento de uma colheita. Esses micróbios ficam com a planta, eliminando o desperdício associado aos fertilizantes sintéticos dependentes de combustíveis que são aplicados no solo. Diferente dos fertilizantes sintéticos, o fertilizante microbiano da Pivot Bio não cai nas vias navegáveis nem se volatiza no ar, melhorando a qualidade do ar e da água.

"Os agricultores são a base do sistema alimentar mundial e os maiores cuidadores da nossa terra na humanidade", afirmou Temme. "A Pivot Bio está comprometida em fechar parcerias com eles para entregar melhor nitrogênio, ao passo em que ajuda a curar o planeta."

Nos próximos quatro anos, a Pivot Bio melhorará continuamente a capacidade de produção de nitrogênio dos micróbios da empresa e expandirá a novos mercados geográficos para ajudar mais agricultores no mundo a nutrir suas plantações com o nitrogênio mais fácil de usar e mais amigo do clima do mundo.

"Como parceira da AIM for Climate na corrida por inovação, reuniremos as melhores cabeças e ideias para acelerar nosso ritmo de desenvolvimento de produtos e aumentar o acesso dos agricultores a nitrogênio sustentável e confiável", declarou Temme. "Estamos trabalhando por um mundo onde o nitrogênio microbiano seja a principal fonte de nutrição das safras, e para encorajar agricultores, líderes governamentais e integrantes do setor privado a nos contatar para se juntar a nós nessa missão."

A COP27, Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, foi chamada de "COP dos alimentos", dedicando, pela primeira vez, um dia completo (12 de novembro) à agricultura. Estimativas conservadoras colocam as emissões totais associadas com o fertilizante sintético à base de nitrogênio a aproximadamente 9 unidades de CO2eq para cada unidade de fertilizante sintética à base de nitrogênio produzido. Aproximadamente um terço dessas emissões são causadas pelo processo de fabricação Haber-Bosch, sendo que as emissões diretas e indiretas de óxido nitroso (N2O) correspondem ao restante. Substituir o fertilizante sintético à base de nitrogênio pelos micróbios produtores de nitrogênio evita essas emissões e tem o potencial de reduzir o uso de água (mais de 15.000 litros por tonelada de fertilizante sintético à base de nitrogênio) e melhora os resultados na saúde humana, reduzindo a destruição de ozônio e a geração de partículas.

Para saber mais sobre a corrida por inovação da Pivot Bio, assista à esta mensagem em vídeo.

Sobre a Pivot Bio:
Na Pivot Bio, acreditamos em atender as necessidades da atualidade sem comprometer as necessidades das gerações futuras. Nossa compreensão incomparável do microbioma das colheitas ajudará a criar um futuro com água e ar mais limpos. Nossa dedicação é a de fornecer aos agricultores soluções para que eles possam cultivar safras de alta qualidade, focada em sustentabilidade e responsável ambientalmente, que ajudará a alimentar famílias no mundo todo. Para mais informações, acesse www.pivotbio.com e nos siga no LinkedIn, Twitter e YouTube.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20221111005131/pt/

Contacts

Mitchell Craft
405-473-4553
media@pivotbio.com