Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.025,21
    +103,44 (+0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Pirani pode completar 50 jogos pelo Santos diante do Ceará pelo Brasileiro

·2 minuto de leitura


O meia Gabriel Pirani pode completar 50 jogos pela camisa do Santos no duelo contra o Ceará no sábado, às 21 horas, na Arena Castelão pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Aos 19 anos, Pirani foi promovido ao elenco profissional nesta temporada e é um dos jogadores que mais atuou pelo Peixe em 2021.

- Cheguei ao Santos muito cedo e sempre sonhei em bater marcas com essa camisa. Chegar aos 50 jogos com o clube que amo, ainda mais na minha primeira temporada como profissional, representa muito para mim e para minha família. Fico feliz em poder demonstrar a cada dia o meu valor. Espero que seja um jogo marcante com uma vitória diante do Ceará - afirmou o meia.

O meia chegou a recebeu sondagem do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia e proposta do Vancouver Whitecaps, do Canadá. Nesse processo, Gabriel Pirani teve seu contrato renovado com o Santos em maio até o fim de 2025. Ele chegou até a ter a camisa 10 da equipe na Copa Sul-Americana.

- Aconteceu tudo muito rápido. Em pouco tempo, eu sai do Sub-23 e já estava atuando profissionalmente. Foi algo que eu sonhava. Mas foi uma mudança rápida. Acredito que consegui me adaptar aos estilos de jogo propostos para poder mostrar o meu potencial e ajudar a equipe. A herança da camisa 10 foi uma surpresa. Jamais esperava ter a oportunidade de vestir a camisa mais pesada da história do futebol mundial. Esse momento, entre os 50 jogos, foi o melhor e ficará marcado para sempre na minha vida - disse Pirani.

Aos 18 anos (quando estreou), e no Santos há 10 anos, o meia disputou sua primeira partida pelo time profissional do na última rodada do Campeonato Brasileiro, na derrota para o Bahia por 2 a 0. Ao todo, o Menino da Vila tem cinco gols marcados, além de quatro assistências na temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos