Mercado abrirá em 1 h 21 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,15
    +0,70 (+0,93%)
     
  • OURO

    1.733,30
    -18,70 (-1,07%)
     
  • BTC-USD

    41.986,52
    -1.640,80 (-3,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.042,94
    -58,58 (-5,32%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.033,05
    -30,35 (-0,43%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.943,50
    -251,25 (-1,65%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2908
    -0,0160 (-0,25%)
     

Piloto de 14 anos morre em um acidente durante a etapa de Aragão de motociclismo, na Espanha

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O piloto Hugo Millán, de 14 anos, morreu neste domingo (25) em um grave acidente enquanto disputava a Talent Cup Europa na etapa de motociclismo de Aragão, na Espanha.

O jovem piloto caiu na pista faltando 13 voltas para o fim da etapa, chegou a se levantar, mas foi atingido pelo polonês Milan Leon Pawelec, que vinha atrás e não conseguiu se desviar de Millán.

A corrida foi interrompida e o piloto recebeu atendimento ainda na pista. Em seguida, foi levado de ambulância e transferido para o hospital em Saragoça de helicóptero. Onde, infelizmente, não resistiu às lesões.

A confirmação da morte foi divulgada na página oficial da categoria no Twitter. Todas as provas marcadas para o resto do domingo foram canceladas.

“Lamentamos profundamente comunicar que Hugo Millán nos deixou. Sempre te recordaremos pelo seu sorriso, grande coração e profissionalismo. Descansa em paz, Hugo. Você estará sempre nos nossos corações e vamos te lembrar sorrindo, como sempre. Te amamos”, declarou a escola Cuna de Campeones, defendida por Hugo.

O piloto começou a correr na escola do Circuito Ricardo Tormo, em Valência, na Espanha, nas minimotos e chegou na segunda colocação no primeiro fim de semana do campeonato.

A morte de Millán acontece apenas algumas semanas após a de Jason Dupasquier, que ocorreu em 29 de maio, na classificação para o GP da Itália de Moto3 em Mugello. O suíço foi atropelado por Jeremy Alcoba e Ayumu Sasaki que vinha logo atrás do piloto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos