Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,26 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,77 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -0,21 (-0,23%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    24.313,12
    -163,09 (-0,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,35 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,22 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,68 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +2,25 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Picape ou SUV: qual escolher?

O mercado automotivo brasileiro é bem variado e isso ninguém pode negar. Há, sim, muitas opções de carros para serem comprados e, diante do atual cenário, com preços cada vez mais fora do comum, a escolha precisa ser muito acertada, pensada e analisada nos mínimos detalhes. Afinal, ninguém gosta de rasgar dinheiro.

O segmento que hoje tem mais proeminência no Brasil é o de SUVs. Carros invariavelmente espaçosos, bem equipados e que, há algum tempo, tomou o lugar de preferência dos hatches por custarem quase a mesma coisa e, em tese, entregarem bem mais.

Entretanto, desde seu lançamento, em 2020, a Fiat Strada, uma picape compacta que foi completamente modificada para também ser um veículo de passeio, é o carro mais vendido do Brasil. Somente em 2022, no primeiro semestre, a caminhonete italiana soma 51.046 emplacamentos, bem mais do que o SUV mais vendido do Brasil, o Volkswagen T-Cross, que anotou 32.871.

A Fiat Strada é o carro mais vendido do Brasil (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)
A Fiat Strada é o carro mais vendido do Brasil (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)

Esses números motivam algumas discussões e análises interessantes. Uma delas é: o que vale mais a pena? Uma picape ou um SUV? Não que haja um duelo particular entre picapes e SUVs escancarado no mercado, mas, acreditem, eles podem compartilhar muita coisa entre si, incluindo a preferência do público — e os motivos são vários.

Aptidão off-road, potência, versatilidade e tecnologia são alguns dos itens que podem ser fortes em ambos os estilos de veículo. Mas, claro, há algumas diferenças que podem te fazer optar por um modelo ou outro. O preço, claro, é uma dessas diferenças.

Uso na cidade ou no campo?

O primeiro ponto de encontro entre usuários de ambos os segmentos é o habitat desses veículos. Não é segredo para ninguém que as picapes são veículos mais afeitos ao trabalho, porém com uma boa concentração no ambiente urbano, sobretudo em modelos como a própria Fiat Strada e outros como Renault Oroch e Fiat Toro, notóriamente opções para passeio.

Mas, mesmos os SUVs sendo carros prioritariamente urbanos, há opções para uso com alguma aptidão off-road, inclusive com modelos equipados com tração 4x4, incluindo o modo reduzido, como o Jeep Compass na versão Trailhawk, ou o Suzuki Jimny. Entretanto, a regra entre os utilitários é mesmo o uso na cidade.

A versão Trailhawk é a mais parruda do Jeep Compass (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
A versão Trailhawk é a mais parruda do Jeep Compass (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

As picapes médias, como Toyota Hilux ou Chevrolet S10, por sua vez, são bem fortes, resistentes e espaçosas, mas não são necessariamente confortáveis. Isso é explicado por seu modo de construção, que é sobre chassi, ou seja, apto para receber suspensões mais fortes e menos ajustadas para o conforto. Mesmo que você veja inúmeras delas nas cidades, seu habitat mais viável é mesmo em estradas e fazendas.

A variante Z71 da Chevrolet S10 é uma das mais estilosas da picape (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
A variante Z71 da Chevrolet S10 é uma das mais estilosas da picape (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Nesse ponto, por uma maior versatilidade e uso mais confortável em ambiente urbano, os SUVs acabam levando vantagem na hora da compra se considerarmos o uso misto cidade/campo. Agora, se você for um fazendeiro ou tiver uma chácara ou sítio fora da cidade grande, as picapes podem te atender melhor devido à elevada capacidade fora de estrada.

Estilo e tecnologia

Por serem carros invariavelmente caros, as picapes precisam apresentar diferenciais, sobretudo pelo alto nível de exigência dos seus clientes. Atualmente, os modelos à venda no Brasil esbanjam estilo e tecnologia, com ótimo pacote de equipamentos de segurança, infotenimento e conectividade.

Sobram estilo e tecnologia no Volvo C40 (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
Sobram estilo e tecnologia no Volvo C40 (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Já os SUVs são referência em design e equipamentos desde sua popularização, com a chegada do Jeep Renegade e do Honda HR-V, em 2015. São modelos que apostam no conforto e no ambiente familiar para conquistar seus clientes, inclusive com modelos extremamente luxuosos, como de marcas como Volvo e BMW, duas das mais fortes entre o segmento premium e que apostam forte em utilitários.

Para citar alguns dos recursos presentes tanto em picapes quanto em SUVs, podemos destacar a conectividade 4G nativa da Fiat Toro e da Chevrolet S10, os sistemas de segurança presentes no Toyota RAV4 e Toyota Hilux, como o alerta de colisão frontal e a frenagem automática de emergência, e o excelente espaço e luxo do Jeep Commander e da RAM 1500 Rebel.

Entre as picapes médias, a Hilux é a mais vendida (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)
Entre as picapes médias, a Hilux é a mais vendida (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)

Por aqui, a gama de opções é vasta e o cliente que optar por um ou por outro, estará bem servido.

Picape x SUV: Qual anda mais?

Por aqui, a análise terá de ser feita caso a caso. As picapes são, em sua maioria, carros mais fortes, justamente por precisarem de mais desempenho para carregarem objetos e cargas pesadas. No caso dos modelos médios, a capacidade é de 1 tonelada, como na Ford Ranger, por exemplo.

As picapes médias possuem motores a diesel, que privilegiam um alto valor de torque em baixar rotações. Na cidade, até que esses carros são ágeis, mas seu tamanho torna as coisas mais complicadas nas vias, sobretudo as mais estreitas. Algo que acontece menos com os utilitários.

O RAV4 é um SUV enorme, mas o desempenho é de esportivo (Imagem: Matheus Argentoni/Canaltech)
O RAV4 é um SUV enorme, mas o desempenho é de esportivo (Imagem: Matheus Argentoni/Canaltech)

Entretanto, quando falamos em aceleração e desempenho no uso diário, os SUVs podem superar as picapes com alguma facilidade, principalmente entre os modelos mais caros. Um exemplo são os carros equipados com motores híbridos, caso do próprio Toyota RAV4, que faz um 0 a 100 km/h na casa dos 8 segundos, em menos tempo do que uma Chevrolet S10, que tem potência parecida e muito mais torque: 222cv e 27,9 kgf/m contra 200cv e 51 kgf/m.

Picape ou SUV: Qual vale mais a pena?

A escolha entre um SUV e uma picape pode se dar por diferentes aspectos. Geralmente, as picapes, por serem carros mais pensados para o trabalho e de maior porte, custam bem mais do que os SUVs, considerados populares. Sua boa versatilidade e capacidade no campo podem seduzir clientes mais específicos. Entretanto, os SUVs são mais práticos e, mesmo os maiores, proporcionam mais agilidade no dia a dia, além de um conforto acima da média.

Entre conforto, tecnologia, desempenho e capacidade off-road, há um bom equilíbrio entre os veículos. O que vai comandar a decisão de compra é sua necessidade.

E aí, qual você prefere?

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos