PIB do Japão cai 3,5% entre julho e setembro

Tóquio, 12 nov (EFE).- O Produto Interno Bruto (PIB) do Japão se contraiu 3,5% entre julho e setembro em relação ao mesmo período de 2011, o que representa sua primeira queda em três trimestres, informou nesta segunda-feira (data local) o Governo japonês.

Frente ao trimestre precedente, o PIB japonês registrou queda de 0,9%, segundo o Escritório do Gabinete.

A queda da economia japonesa no terceiro trimestre de 2012, segundo do ano fiscal no Japão, é menor do que a prevista pelos analistas consultados pela agência "Kyodo", que apontavam para uma contração de 4,1% a ritmo anual e de 1% trimestral.

Entre abril e junho, o PIB do Japão cresceu 0,3% em relação ao mesmo período de 2011 e 0,1% frente ao trimestre anterior, segundo a revisão dos números publicada.

A contração do trimestre julho-setembro é a pior desde a forte queda de 8% de entre janeiro e março de 2011, quando a produção japonesa ficou temporariamente paralisada após o terremoto e tsunami que sacudiu o país no dia 11 de março desse ano.

Também é a primeira após a registrada entre outubro e dezembro de 2011, trimestre no qual o PIB da terceira maior economia mundial caiu 1,2%, segundo a revisão em baixa divulgada pelo Escritório do Gabinete.

Entre julho e setembro a despesa de capital corporativo diminuiu 3,2%, enquanto a despesa dos consumidores foi de 0,5%, detalhou o relatório preliminar do Governo.

O arrefecimento da economia global e a valorização do iene tiveram um grande impacto nas exportações do Japão, que em janeiro passado registrou o maior déficit por conta corrente de sua história, assim como em seu consumo privado, que representa cerca de 60% de seu PIB.

Em termos nominais - que exclui a influência dos preços - o PIB japonês entre julho e setembro caiu 3,6% a ritmo anual e 0,9% em relação ao trimestre precedente. EFE

Carregando...