Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,10 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,43 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,59
    +0,27 (+0,46%)
     
  • OURO

    1.742,60
    -2,20 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    59.866,79
    +256,48 (+0,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.278,60
    +51,06 (+4,16%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,00 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,30 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.758,01
    -10,05 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.782,00
    -47,50 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7627
    -0,0015 (-0,02%)
     

PIB do Brasil tomba 4,1% em 2020, diz IBGE

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
Brazil, Stock Market Data, Stock Market Crash, Stock Market and Exchange, Moving Down
Brasil teve tombo histórico no PIB em 2020

No ano marcado pela pandemia do novo coronavírus, o Produto Interno Bruto do Brasil caiu 4,1% em 2020, segundo divulgou nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi o maior recuo desde que essa série histórica começou, em 1996. Em termos percentuais, foi a pior queda desde 1990, quando o PIB afundou 4,35%.

A economia brasileira vinha de três anos seguidos de modestas altas - 4,6% no total.

Leia também:

Já o PIB per capita (por habitante) chegou a R$ 35.172 no ano passado, um recuo recorde de 4,8%.

A média das projeções do mercado para o crescimento do Brasil em 2021 está atualmente em 3,29%, segundo o último boletim Focus do Banco Central. Os economistas já trabalham, porém, com a expectativa de retração no 1º trimestre. Parte do mercado não descarta o risco de uma queda do PIB também no 2º trimestre, o que teríamos uma nova recessão técnica - dois trimestres seguidos de contração.