Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    40.815,97
    +1.085,47 (+2,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1823
    +0,1418 (+2,35%)
     

Pia Sundhage deixa Cristiane fora de seleção feminina que disputará Olimpíada

·2 minuto de leitura
Técnica da seleção brasileira de futebol feminino Pia Sundhage durante entrevista coletiva no Rio de Janeiro

Por Rorigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A experiente atacante Cristiane ficou de fora da lista de 18 convocadas pela técnica da seleção brasileira de futebol feminino, Pia Sundhage, para disputa da Olimpíada de Tóquio, na qual o Brasil novamente contará com Marta, principal estrela da modalidade.

Cristiane e Marta foram parceiras na seleção feminina por anos. Outra veterana, a meio-campista Formiga, que recentemente deixou o Paris St Germain e retornou ao São Paulo, foi convocada.

Cristiane, de 36 anos, maior artilheira da história dos Jogos Olímpicos, foi convocada algumas vezes pela treinadora sueca, mas para a Olimpíada de Tóquio, Pia decidiu dar a chance para outras atletas.

"Ela jogou diversas partidas com a seleção, muitos torneios e ela fez muita diferença naquela época. Anteriormente, ela ajudou muito a equipe e hoje eu acredito que existem outras jogadoras que vão ajudar a equipe a jogar um bom futebol. Temos examinado de perto o futebol que ela tem jogado no clube", disse a treinadora a jornalistas.

Pia esteve nas três últimas finais olímpicas do futebol feminino, conquistado a medalha de ouro com os Estados Unidos em Pequim 2008 e em Londres 2012 e a prata com a Suécia no Rio de Janeiro em 2016.

A seleção feminina estreia nos Jogos Olímpicos no dia 21 de julho contra a China, em Miyagi. Na sequência, a equipe encara a Holanda, no dia 24 de julho, também em Miyagi, e fecha a fase de grupos contra a Zâmbia, em Saitama, no dia 27 de julho.

Veja a lista de convocadas:

Goleiras: Bárbara (Avaí/Kindermann) e Letícia (Benfica)

Defensoras: Rafaelle (Palmeiras), Bruna Benites (Internacional), Erika (Corinthians), Poliana (Corinthians), Tamires (Corinthians) e Jucinara (Levante)

Meio-campistas: Formiga (São Paulo), Julia Bianchi (Palmeiras), Andressinha (Corinthians), Duda (São Paulo), Adriana (Corinthians), Marta (Orlando Pride) e Debinha (North Carolina Courage)

Atacantes: Bia Zaneratto (Palmeiras), Geyse (Madrid CFF) e Ludmila (Atlético de Madri)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos