Mercado abrirá em 9 h 48 min
  • BOVESPA

    96.582,16
    +1.213,40 (+1,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    36.801,37
    -592,34 (-1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    36,40
    +0,23 (+0,64%)
     
  • OURO

    1.871,80
    +3,80 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    13.547,82
    +117,15 (+0,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    265,74
    +23,06 (+9,50%)
     
  • S&P500

    3.310,11
    +39,08 (+1,19%)
     
  • DOW JONES

    26.659,11
    +139,16 (+0,52%)
     
  • FTSE

    5.581,75
    -1,05 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    24.509,39
    -77,21 (-0,31%)
     
  • NIKKEI

    23.152,24
    -179,70 (-0,77%)
     
  • NASDAQ

    11.197,50
    -145,25 (-1,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7507
    +0,0051 (+0,08%)
     

Pi, do Santander, terá 60% da Toro após acordo

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A plataforma digital de investimentos do Santander Brasil, Pi, acertou acordo de investimento em que terá 60% da holding que controlada a Toro Corretora e a Toro Investimentos, informou o banco de origem espanhola nesta terça-feira. O valor do negócio não foi divulgado.

"Com a unificação das operações, cada empresa contribuirá com seus diferenciais de mercado para a formação de uma plataforma completa de produtos de renda fixa e variável, com expertise, tecnologia e escala para atuar com protagonismo e liderança no crescente mercado brasileiro de investimentos", afirmou o Santander Brasil em comunicado ao mercado.

"O cenário de taxas de juros em baixos patamares tende a estimular cada vez mais a demanda por produtos de renda variável", acrescentou o banco.

O acordo ocorre cerca de um ano depois que o presidente-executivo da Pi, Felipe Bottino, afirmou à Reuters que a companhia tinha adotado uma estratégia de consolidação no mercado de corretoras de valores. A empresa foi lançada em março do ano passado.