Mercado fechado

Philips anuncia novas TVs OLED e Mini LED com IMAX e soundbar integrada

Seguindo os anúncios para a IFA 2022, a Philips atualizou sua família de televisores com três novidades para as linhas OLED e Mini LED — as novas OLED Plus 937, OLED Plus 907 e 9507 Mini LED. Enquanto as duas primeiras trazem aprimoramentos no painel para turbinar o brilho de maneira significativa, a última aprimora a qualidade de imagem e a variedade da linha Mini LED.

Philips OLED Plus 937 traz sounbar integrada

Disponível em tamanhos de 65 e 77 polegadas, a Philips OLED Plus 937 é a TV mais avançada da empresa. Munida do painel OLED EX, o aparelho conta agora com bordas extremamente finas e um heat sink integrado para reduzir o risco de burn in. Isso também permite ao display atingir picos de brilho ainda maiores, de até 1.300 nits, durante reprodução de conteúdo em HDR nos formatos HDR10+, HLG e Dolby Vision.

Com certificação IMAX Enhanced, que garante alta qualidade de imagem e som imersivo, o lançamento é alimentado pelo processador P5 AI Dual da companhia atualizado com função aprimorada de HDR, que otimiza o desempenho mapeando conteúdo baseando-se em tonalidades imagem por imagem, em vez de seguir uma média de valores cena a cena como na geração anterior.

Modelo mais premium da marca, a Philips OLED Plus 937 traz agora um heat sink para reduzir os riscos de burn in e possibilitar picos de brilho de 1.300 nits (Imagem: Philips)
Modelo mais premium da marca, a Philips OLED Plus 937 traz agora um heat sink para reduzir os riscos de burn in e possibilitar picos de brilho de 1.300 nits (Imagem: Philips)

O modelo traz resolução 4K com taxa de atualização de 120 Hz e embarca portas HDMI 2.1 com largura de banda máxima (48 Gbps), suportando HDR sem compressão na resolução nativa e tecnologias de taxa de atualização variável (VRR), incluindo Nvidia G-Sync e AMD FreeSync Premium, estando pronta para PCs e consoles.

O sistema de som desenvolvido em parceria com a Bowers & Wilkins integrado à base retorna, em uma configuração de 5.1.2 canais com potência de 95 W e suporte a som tridimensional com Dolby Atmos. A região possui acabamento especial em tecido, que também está presente no novo controle remoto, munido de acabamento metálido mais luxuoso e retroiluminação dos botões que se ativa com movimento.

Completa a ficha técnica da OLED Plus 937 o Android TV, três portas USB-A para periféricos, 4 portas HDMI com suporte a eARC em uma delas, 16 GB de armazenamento, Chromecast integrado, comandos de voz com Alexa e Google Assistente, Wi-Fi 5 Dual Band, Bluetooth 5.0, calibração de cores com ferramentas CalMAN e a 4ª geração do Ambilight, presente nas quatro laterais da TV e com controle individual dos LEDs para gerar uma iluminação mais complexa.

Philips OLED Plus 907 é modelo mais acessível

Mais acessível, a Philips OLED Plus 907 chega em tamanhos de 48, 55 e 65 polegadas e traz boa parte das inovações da 937, com destaque para o painel OLED EX com bordas ultrafinas e heat sink, que possibilita os picos de brilho de 1.300 nits durante reprodução de mídia em HDR, nos padrões HDR10+, HLG e Dolby Vision.

O modelo também conta com certificação IMAX Enhanced, mas o processador P5 AI é mais simples e traz os algoritmos avançados padrão da marca. A tela 4K tem taxa de atualização de 120 Hz, e há HDMI 2.1 com VRR via G-Sync e FreeSync Premium, assim como largura de banda máxima de 48 Gbps e a compatibilidade com eARC em uma das 4 portas.

A Philips OLED Plus 907 traz boa parte dos recursos da 937 em um pacote mais acessível, incluindo o heat sink para brilho de até 1.300 nits (Imagem: Philips)
A Philips OLED Plus 907 traz boa parte dos recursos da 937 em um pacote mais acessível, incluindo o heat sink para brilho de até 1.300 nits (Imagem: Philips)

O sistema de som é mais modesto com 3.1 canais e potência de 80 W, mas também é projetado em parceria com a Bowers & Wilkins e suporta Dolby Atmos para proporcionar som 3D mais imersivo. A região traz acabamento com tecido acústico da Kvadrat, que complementa o mesmo controle remoto presente na 937, com traseira de tecido Muirhead, acabamento metálico luxuoso e botões com retroiluminação sensível ao movimento.

No mais, a OLED Plus 907 embarca Android TV, três portas USB-A, 16 GB de armazenamento, Chromecast embutido, suporte a comandos com Alexa e Google Assistente, Wi-Fi 5 Dual Band, Bluetooth 5.0, suporte a calibração de cores com ferramentas CalMAN e a 4ª geração do Ambilight com o controle mais preciso por LED, mas equipado em apenas 3 laterais do dispositivo.

Philips 9507 amplia variedade dos modelos Mini LED

Completando os anúncios de TVs, a linha de modelos Mini LED da Philips também foi atualizada com o lançamento da PML9507 que, além de aprimorar a qualidade de imagem, também expande a versatilidade da família com a chegada de uma versão de 55 polegadas para acompanhar os tamanhos de 65 e 75 polegadas.

A novidade estreia munida de painel VA LCD com resolução 4K, taxa de atualização de 120 Hz e picos de brilho de 1.500 nits, graças ao sistema de iluminação Mini LED. Assim como as irmãs OLED, a 9507 suporta reprodução de conteúdo em HDR10+, HLG e Dolby Vision, e também embarca certificação IMAX Enhanced, com processador P5 AI para garantir imagens mais vivas, movimentos mais fluidos e upscaling de boa qualidade.

Com a PML9507, a família de TVs Mini LED da Philips ganha modelo de 55 polegadas e aprimoramentos na qualidade de imagem com processador P5 AI (Imagem: Philips)
Com a PML9507, a família de TVs Mini LED da Philips ganha modelo de 55 polegadas e aprimoramentos na qualidade de imagem com processador P5 AI (Imagem: Philips)

Há suporte a VRR com G-Sync e FreeSync Premium, além de HDR com resolução nativa graças à integração de HDMI 2.1 de 48 Gbps, e compatibilidade com eARC em uma das quatro portas. Apesar de não haver tecnologia da Bowers & Wilkins por aqui, o sistema de som ainda promete excelente qualidade com 2.1 canais, potência de 70 W e Dolby Atmos.

A construção da PML9507 não traz o visual e os materiais luxuosos dos modelos OLED, mas segue premium ao adotar estruturas em metal, e é complementada pelo mesmo controle visto nos outros lançamentos. Fora isso, o aparelho com Mini LED embarca a 4ª geração do Ambilight, presente nas quatro laterais, com controle individual de LEDs e maior cobertura de cores.

A PML9507 também traz o sistema de iluminação Ambilight de 4ª geração, que traz controle de LEDs individuais para proporcionar maior precisão e cores mais intensas (Imagem: Philips)
A PML9507 também traz o sistema de iluminação Ambilight de 4ª geração, que traz controle de LEDs individuais para proporcionar maior precisão e cores mais intensas (Imagem: Philips)

Outros destaques do aparelho incluem Android TV, três portas USB-A, 16 GB de armazenamento, Chromecast embutido, suporte a comandos com Alexa e Google Assistente, Wi-Fi 5 Dual Band, Bluetooth 5.0 e suporte a calibração de cores com CalMAN.

Preço e disponibilidade

Os novos televisores da Philips chegam ao exterior ainda em 2022, com os seguintes preços sugeridos:

Philips OLED Plus 937

  • 65 polegadas: 3.499 euros (~R$ 18.350)

  • 77 polegadas: 4.799 euros (~R$ 25.160)

Philips OLED Plus 907

  • 48 polegadas: 1.599 euros (~R$ 8.400)

  • 55 polegadas: 1.999 euros (~R$ 10.500)

  • 65 polegadas: 2.999 euros (~R$ 15.730)

Philips Mini LED 9507

  • 55 polegadas: 1.599 euros (~R$ 8.400)

  • 65 polegadas: 2.199 euros (~R$ 11.540)

  • 75 polegadas: 2.999 euros (~R$ 15.730)

Uma janela mais específica de lançamento ainda não foi dada. Além disso, não há informações sobre disponibilidade para o Brasil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: