Mercado abrirá em 1 h 33 min
  • BOVESPA

    117.560,83
    +363,01 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,85 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,31
    +0,86 (+0,97%)
     
  • OURO

    1.716,80
    -4,00 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    19.979,07
    -176,55 (-0,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    454,58
    -8,54 (-1,84%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,93 (-1,15%)
     
  • FTSE

    7.009,49
    +12,22 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    17.740,05
    -272,10 (-1,51%)
     
  • NIKKEI

    27.116,11
    -195,19 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    11.513,75
    -28,00 (-0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1012
    -0,0123 (-0,24%)
     

Phil Spencer garante Call of Duty no Game Pass e no PlayStation no lançamento

A aquisição da Activision Blizzard pela Xbox continua se desenrolando ao redor do mundo, com agências regulamentadoras investigando os detalhes da compra de US$ 68 bilhões. Nesta quarta-feira (1), Phil Spencer detalhou alguns dos planos da Microsoft pós-aquisição.

Entre os principais pontos que Spencer detalhou em sua publicação no blog oficial de Xbox está a garantia de que a empresa lançará a mesma versão de Call of Duty no PlayStation, assim como em outras plataformas. A discussão sobre a compra da Activision Blizzard já causou alguns atritos entre as empresas, como a Microsoft alegando que a Sony boicota o Game Pass.

Para a Autoridade de Concorrência e Mercados do Reino Unido, a franquia Call of Duty seria um fator de desequilíbrio em favor da Microsoft. (Imagem: Divulgação/Activision Blizzard)
Para a Autoridade de Concorrência e Mercados do Reino Unido, a franquia Call of Duty seria um fator de desequilíbrio em favor da Microsoft. (Imagem: Divulgação/Activision Blizzard)

A Autoridade de Concorrência e Mercados do Reino Unido alegou que precisa investigar ainda mais os detalhes da aquisição, alegando que os jogos da Activision, principalmente COD, são importantes e podem fazer a diferença na hora de escolher um console.

O órgão ainda revelou preocupações com a possibilidade de a Microsoft usar a franquia para ganhar da concorrência ao oferecê-la através do Game Pass. Além da principal franquia da Activision, Overwatch e Diablo também devem ficar disponíveis de forma gratuita no serviço assim que a compra for concluída.

Spencer reforçou que a Microsoft continuará a trabalhar de forma transparente com as agências regulamentadoras e que respeita e entende os questionamentos que estão sendo feitos.

A agência regulamentadora inglesa, em seu comunicado após a investigação inicial, explicou que entende o plano da Microsoft de se tornar uma líder do mercado através do Game Pass e que a compra da Activision faz parte da estratégia da empresa.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: