Mercado abrirá em 48 mins
  • BOVESPA

    106.667,66
    +293,79 (+0,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.232,20
    -741,07 (-1,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,66
    +1,23 (+1,44%)
     
  • OURO

    1.819,20
    +6,80 (+0,38%)
     
  • BTC-USD

    41.805,40
    -97,79 (-0,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    991,98
    -17,40 (-1,72%)
     
  • S&P500

    4.577,11
    -85,74 (-1,84%)
     
  • DOW JONES

    35.368,47
    -543,34 (-1,51%)
     
  • FTSE

    7.576,80
    +13,25 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    24.127,85
    +15,07 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    27.467,23
    -790,02 (-2,80%)
     
  • NASDAQ

    15.264,25
    +58,25 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3260
    +0,0189 (+0,30%)
     

PF quer usar dados sobre milícias digitais em inquérito que investiga Jair Renan

·2 min de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  04-03-2020, 12h00: O filho de Bolsonaro, Jair Renan. Cerimônia de Posse da nova secretária nacional de Cultura Regina Duarte. O presidente Jair Bolsonaro, ao lado da primeira Dama Michelle Bolsonaro, do vice-presidente Hamilton Mourão, dos ministros General Braga Netto (Casa Civil) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), durante a cerimônia de posse da atriz Regina Duarte no cargo de Secretária Nacional de Cultura, no Palácio do Planalto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 04-03-2020, 12h00: O filho de Bolsonaro, Jair Renan. Cerimônia de Posse da nova secretária nacional de Cultura Regina Duarte. O presidente Jair Bolsonaro, ao lado da primeira Dama Michelle Bolsonaro, do vice-presidente Hamilton Mourão, dos ministros General Braga Netto (Casa Civil) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), durante a cerimônia de posse da atriz Regina Duarte no cargo de Secretária Nacional de Cultura, no Palácio do Planalto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Os investigadores responsáveis pela apuração sobre os negócios de Jair Renan, filho 04 do presidente Jair Bolsonaro (PL), querem utilizar informações do inquérito das milícias digitais.

A delegada Denisse Ribeiro, segundo mostra os documentos do inquérito, recebeu o pedido de compartilhamento da superintendência da PF no Distrito Federal. Caberá ao ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), decidir se autoriza ou não o compartilhamento.

O motivo do pedido é a citação ao empresário Allan Lucena nos dois casos. Ele seria parceiro comercial de Jair Renan e no caso das milícias digitais aparece em conversas com o jornalista bolsonarista Oswaldo Eustáquio.

Ao pedir o compartilhamento, os investigadores do caso de Jair Renan afirmam que o inquérito que ele é alvo indica para recebimentos pelo filho do presidente "de vantagens de empresários com interesses, vínculos e contratos com a Administração Pública Federal e Distrital sem aparente contraprestação justificável dos atos de graciosidade".

Segundo a PF, o núcleo empresarial investigado no caso do 01 "apresenta cerne em conglomerado minerário/agropecuário, empresa de publicidade e outros empresários".

Conforme publicou o jornal Folha de S.Paulo, a PF abriu em março um inquérito para investigar os negócios envolvendo Jair Renan. A apuração mira uma empresa do 04 e sua atuação junto ao governo federal.

A revista Veja mostrou em novembro que Jair Renan deu início a sua vida de empresário atuando para conseguir uma audiência em um ministério para tratar de interesses comerciais de um de seus patrocinadores.

O filho de Bolsonaro e o sócio ganharam um carro elétrico do grupo empresarial um mês antes de intermediar a reunião, de acordo com a reportagem. Segundo o jornal O Globo, o veículo é avaliado em R$ 90 mil.

A Folha de S.Paulo mostrou em dezembro que a cobertura com fotos e vídeos da festa de inauguração da empresa de Jair Renan foi realizada gratuitamente por uma produtora de conteúdo digital e comunicação corporativa que presta serviços ao governo federal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos