Mercado fechará em 3 h 15 min
  • BOVESPA

    107.384,04
    -1.067,16 (-0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.525,94
    +83,73 (+0,18%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,65
    +0,50 (+0,61%)
     
  • OURO

    1.668,50
    -1,50 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    19.417,20
    -130,40 (-0,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,88
    -2,11 (-0,47%)
     
  • S&P500

    3.645,46
    -73,58 (-1,98%)
     
  • DOW JONES

    29.261,47
    -422,27 (-1,42%)
     
  • FTSE

    6.881,59
    -123,80 (-1,77%)
     
  • HANG SENG

    17.165,87
    -85,01 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    26.422,05
    +248,07 (+0,95%)
     
  • NASDAQ

    11.208,25
    -347,50 (-3,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2774
    +0,0448 (+0,86%)
     

PF cumpre ordem judicial na Genial, empresa diz que não é objeto de operação

SÃO PAULO (Reuters) - A Polícia Federal (PF) cumpriu na manhã desta quinta-feira uma ordem judicial na Genial Investimentos, disse a corretora, acrescentando que não é objeto de investigação.

A Genial disse que "recebeu a visita de agentes da PF que, embasados em ordem judicial, solicitaram documentos pertinentes para instruir investigação contra terceiros", após ser questionada pela Reuters.

"Cabe ressaltar que os documentos solicitados não têm qualquer relação com o nosso grupo", acrescentou a Genial. A empresa não dá detalhes sobre a operação no comunicado.

A Agência Estado disse mais cedo que a PF cumpriu ordem judicial na Genial no âmbito de operação que envolveu negociação de criptoativos.

A PF divulgou nesta manhã que deflagrou, com o apoio da Receita Federal, operação para reprimir crimes de evasão de divisas, lavagem de dinheiro e associação criminosa envolvendo negociação de criptoativos, apurados de 2017 a 2021, mas que continuam acontecendo.

A "Operação Colossus" incluiu duas ordens judiciais de prisão preventiva e 37 pedidos de busca e apreensão - sendo 22 pessoas físicas e 15 pessoas jurídicas, incluindo seis exchanges, quatro instituições financeiras e três escritórios de contabilidade. As autoridades não informaram os nomes das pessoas e empresas envolvidas.

(Por Andre Romani)