Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.909,61
    +2.127,46 (+1,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.174,06
    -907,27 (-1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,85
    +0,65 (+0,83%)
     
  • OURO

    1.764,20
    +0,50 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    16.800,62
    +623,27 (+3,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    399,78
    +11,05 (+2,84%)
     
  • S&P500

    3.957,63
    -6,31 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    33.852,53
    +3,07 (+0,01%)
     
  • FTSE

    7.512,00
    +37,98 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    18.204,68
    +906,74 (+5,24%)
     
  • NIKKEI

    27.852,39
    -175,45 (-0,63%)
     
  • NASDAQ

    11.519,00
    -5,75 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4624
    +0,0058 (+0,11%)
     

Petz tem queda no lucro do 3º tri

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A rede de pet shops Petz divulgou nesta quarta-feira lucro líquido ajustado de 30,7 milhões de reais, queda de 8,2% em relação ao mesmo período do ano passado, reflexo do expressivo ritmo de expansão de lojas, além de consolidação das aquisições.

De julho a setembro, a empresa inaugurou 13 lojas, que afirmou ser um novo recorde para o período do terceiro trimestre, chegando a 47 aberturas nos últimos 12 meses, sendo 32 inaugurações nos nove meses até setembro. Ao final do período, eram 200 lojas.

"Seguimos 'on track' em relação ao nosso 'guidance' de abertura de 50 lojas para 2022", afirmou a Petz.

A receita bruta total do grupo somou 884,6 milhões de reais, um crescimento de 37,9% quando comparado ao mesmo período do ano anterior, em um ambiente macroeconômico que a rede classificou como "desafiador no varejo e no Brasil em geral".

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou 72,2 milhões de reais, queda de 0,4% na comparação ano a ano, representando 8,2% da receita bruta total, de 11,3% no mesmo trimestre de 2021.

Houve consumo de caixa líquido de 129,9 milhões de reais no terceiro trimestre, ante consumo de 89,9 milhões em igual intervalo do ano anterior, explicado, entre outros fatores, por maiores investimentos, menor geração de fluxo de caixa operacional.