Mercado fechará em 3 h 38 min
  • BOVESPA

    111.003,24
    +2.109,92 (+1,94%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.445,28
    +666,41 (+1,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,82
    -0,52 (-1,15%)
     
  • OURO

    1.810,40
    +29,50 (+1,66%)
     
  • BTC-USD

    19.286,96
    -112,81 (-0,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,08
    -0,78 (-0,21%)
     
  • S&P500

    3.675,55
    +53,92 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    30.079,11
    +440,47 (+1,49%)
     
  • FTSE

    6.388,11
    +121,92 (+1,95%)
     
  • HANG SENG

    26.567,68
    +226,19 (+0,86%)
     
  • NIKKEI

    26.787,54
    +353,92 (+1,34%)
     
  • NASDAQ

    12.418,00
    +141,00 (+1,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3049
    -0,0563 (-0,89%)
     

Petróleo sobe mais de 4% após ataque dos EUA

Redação Finanças
View of the pumpjack in the oil well of the oil field. The arrangement is commonly used for onshore wells producing little oil. Pumpjacks are common in oil-rich areas.
O petróleo Brent subiu para cerca de 3 dólares na manhã desta sexta-feira. (Foto: Getty Images)

Os contratos futuros do petróleo subiam cerca de 3 dólares nesta sexta-feira, depois que um ataque aéreo dos Estados Unidos em Bagdá matou o chefe da força de elite Quds, do Irã, provocando preocupações sobre a escalada das tensões regionais e a interrupção do fornecimento de petróleo.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

O petróleo Brent subia 2,95 dólares, ou 4,45%, a 69,2 dólares por barril, às 8:19 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 2,62 dólares, ou 4,28%, a 63,8 dólares por barril.

Leia também

Um ataque aéreo no aeroporto de Bagdá matou o major-general Qassem Soleimani, arquiteto da crescente influência militar do Irã no Oriente Médio e um herói entre muitos iranianos e xiitas da região.

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse que uma dura vingança aguarda os "criminosos" que mataram Soleimani.

"Esperamos que confrontos de nível moderado a baixo durem pelo menos um mês e provavelmente fiquem limitados ao Iraque", disse Henry Rome, analista do Irã na Eurasia.

A embaixada dos Estados Unidos em Bagdá pediu nesta sexta-feira a todos os cidadãos norte-americanos que deixem o Iraque imediatamente devido à escalada nas tensões.

O Iraque, o segundo maior produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), exporta cerca de 3,4 milhões de barris de petróleo bruto por dia.