Mercado abrirá em 8 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,42
    -0,71 (-1,34%)
     
  • OURO

    1.861,90
    -4,00 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    30.908,77
    +1.094,73 (+3,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    611,60
    -68,31 (-10,05%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,39 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.503,29
    -424,47 (-1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.624,27
    -132,59 (-0,46%)
     
  • NASDAQ

    13.351,50
    -44,00 (-0,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5141
    +0,0057 (+0,09%)
     

Petrobras vende sua participação na Liquigás

Douglas Correa – Repórter Agência Brasil
·2 minuto de leitura

A Petrobras concluiu hoje (23) a venda da totalidade da sua participação na Liquigás Distribuidora S.A. para a Copagaz - Distribuidora de Gás S.A. e a Nacional Gás Butano Distribuidora. A Liquigás atua no engarrafamento, distribuição e comercialização de gás liquefeito de petróleo (GLP) no Brasil. A operação foi finalizada com o pagamento de R$ 4 bilhões à Petrobras.

A operação se alinha à estratégia de otimização de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, que passa a concentrar, cada vez mais, seus recursos em ativos de classe mundial em águas profundas e ultraprofundas, em que a Petrobras tem demonstrado grande diferenciall competitivo ao longo dos anos.

De acordo com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, a finalização da venda da participação na Liquigás representa um marco na estratégia da empresa de desinvestir para reduzir a dívida e focar em ativos de classe mundial.

“Estamos focando naquilo que sabemos fazer melhor e que traz mais valor para os nossos acionistas. A maximização do retorno sobre o capital empregado é um dos pilares do nosso Plano Estratégico para o para o quinquênio 2021-2025. A Copagaz e a Nacional Gás Butano têm grande expertise em comercialização e distribuição de gás liquefeito de petróleo (GLP) e darão continuidade ao fornecimento com qualidade e segurança aos consumidores brasileiros”, afirmou.

Já o diretor de Desenvolvimento e Gestão da Copagaz, Zahran Torquato, destacou que a compra da Liquigás traz mais valor à cadeia com o rearranjo de players, aumenta a competição, e quem ganhará com isso é o consumidor. Segundo Torquato, os processos de desinvestimento da companhia vêm impactando a indústria de maneira muito positiva. “Somos a favor da abertura do mercado nos mais diversos setores porque isso trará mais investimentos, mais empregos e, como consequência, um maior crescimento para a economia do país.”

Já o diretor superintendente da Nacional Gás, Celso Rocha, a compra possibilitará um incremento na disponibilidade de GLP aos consumidores. “A aquisição também representa um marco importante na história da Nacional Gás e no setor de GLP. Com isto, nossa empresa poderá aumentar seus negócios e consolidar sua atuação na região Sul e Sudeste do país.”

Sobre a Liquigás

A Liquigás está presente em quase todos os estados, contando com 23 centros operativos, 19 depósitos, uma base de armazenagem e carregamento rodoferroviário e uma rede de aproximadamente 4.800 revendedores autorizados, tendo cerca de 21,4% de participação de mercado.