Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.552,44
    +12,61 (+0,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.669,25
    +467,44 (+1,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,80
    -0,23 (-0,57%)
     
  • OURO

    1.924,70
    -4,80 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    12.874,80
    +1.817,79 (+16,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    257,72
    +12,83 (+5,24%)
     
  • S&P500

    3.435,56
    -7,56 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    28.210,82
    -97,97 (-0,35%)
     
  • FTSE

    5.776,50
    -112,72 (-1,91%)
     
  • HANG SENG

    24.754,42
    +184,88 (+0,75%)
     
  • NIKKEI

    23.505,82
    -133,64 (-0,57%)
     
  • NASDAQ

    11.631,50
    -59,75 (-0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6510
    +0,0010 (+0,02%)
     

Petrobras vende participação na Petrobras Uruguay Distribuición

Ana Luiza de Carvalho
·1 minuto de leitura

A petroleira anunciou que sua controlada indireta Petrobras Uruguay Sociedad Anónima de Inversiones (Pusai) vendeu sua participação na Petrobras Uruguay Distribuición (Pudsa) por US$ 61,7 milhões A Petrobras anunciou, em fato relevante divulgado na noite desta sexta-feira (2), que sua controlada indireta Petrobras Uruguay Sociedad Anónima de Inversiones (Pusai) vendeu sua participação na Petrobras Uruguay Distribuición (Pudsa) por US$ 61,7 milhões. A venda foi realizada à Disa Corporación Petrolífera e o montante total será pago em duas parcelas: US$ 6,17 milhões na assinatura do contrato e US$ 55,53 milhões no fechamento da transação, sem considerar ajustes. A Pudsa atua na distribuição de combustíveis, lubrificantes e fertilizantes líquidos. A estrutura inclui 88 estações de serviços em operação, 16 lojas de conveniência e dois terminais logísticos de armazenamento, entre outras unidades. Segundo a Petrobras, o Grupo Disa é o maior operador independente de distribuição de combustíveis da Espanha e administra a quarta maior rede de estações de serviços do país. O portfólio da companhia é composto por energia 100% renovável e ela recentemente adquiriu os negócios da companhia Prio, de Portugal, se tornando a quarta operadora portuguesa.