Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,30 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,36 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,13
    -2,15 (-2,82%)
     
  • OURO

    1.748,10
    -5,90 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    16.142,82
    -355,99 (-2,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    378,28
    -4,38 (-1,14%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,93 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    16.884,03
    -689,55 (-3,92%)
     
  • NIKKEI

    28.142,79
    -140,24 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    11.674,75
    -108,00 (-0,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5993
    -0,0251 (-0,45%)
     

Petrobras reduz preço do gás de cozinha pago pelas distribuidoras

SÃO PAULO, SP (AGÊNCIA BRASIL) - A Petrobras anunciou no início da noite desta quarta-feira (16) que vai reduzir o preço médio de venda do gás liquefeito de petróleo (GLP), mais conhecido como gás de cozinha, a partir desta quinta-feira (17).

O preço pago pelas distribuidoras será reajustado de R$ 3,7842 por quilo (kg) para R$ 3,5842/kg. Isso equivale a R$ 46,59 por botijão de 13kg, ou uma redução média de R$ 2,60 por 13 kg.

A Petrobras afirma que a redução acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com a sua prática de preços.

Segundo a estatal, o objetivo é buscar o equilíbrio dos seus preços com o mercado sem o repassar para os preços internos a volatilidade conjuntural das cotações e da taxa de câmbio.