Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.786,30
    +2.407,38 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.736,48
    +469,28 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,81
    +1,75 (+4,06%)
     
  • OURO

    1.806,20
    -31,60 (-1,72%)
     
  • BTC-USD

    18.842,75
    +390,79 (+2,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    374,13
    +4,37 (+1,18%)
     
  • S&P500

    3.635,41
    +57,82 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.046,24
    +454,97 (+1,54%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.093,25
    +188,00 (+1,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3970
    -0,0433 (-0,67%)
     

Petrobras quer retomar venda de ativos o mais rápido possível após decisão do TCU, diz CEO

BRASÍLIA (Reuters) - A Petrobras pretende retomar seus planos de vendas de ativos o mais rápido possível após o Tribunal de Contas da União liberar os processos, com algumas recomendações, disse o presidente da companhia, Pedro Parente, nesta segunda-feira. A venda da BR Distribuidora, subsidiária de combustíveis da estatal, terá que começar do zero devido às regras impostas pelo TCU, disse Parente a repórteres, após sair de uma reunião no Ministério de Minas e Energia, em Brasília. A retomada da venda da BR Distribuidora dependerá primeiro de aprovação do Conselho de Administração da Petrobras. Posteriormente um aviso será enviado às empresas interessadas, acrescentou o executivo. (Por Cesar Raizer)