Mercado fechará em 4 h 29 min
  • BOVESPA

    112.822,17
    +1.638,22 (+1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.267,03
    -110,44 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,75
    +1,47 (+2,40%)
     
  • OURO

    1.710,10
    -5,70 (-0,33%)
     
  • BTC-USD

    49.214,50
    -1.700,43 (-3,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    986,74
    -0,47 (-0,05%)
     
  • S&P500

    3.807,90
    -11,82 (-0,31%)
     
  • DOW JONES

    31.253,89
    -16,20 (-0,05%)
     
  • FTSE

    6.628,26
    -47,21 (-0,71%)
     
  • HANG SENG

    29.236,79
    -643,63 (-2,15%)
     
  • NIKKEI

    28.930,11
    -628,99 (-2,13%)
     
  • NASDAQ

    12.528,75
    -153,00 (-1,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    -0,0204 (-0,30%)
     

Petrobras reabre licitação para arrendar terminal de GNL na Bahia

·2 minuto de leitura
Logo da Petrobras em sede da companhia

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras vai reabrir licitação para arrendar um terminal de regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) na Bahia, após encerrar processo anterior, iniciado em agosto, sem ter recebido propostas válidas, informou a estatal em comunicado nesta segunda-feira.

A companhia disse que divulgou um aviso com o objetivo de determinar nova data limite para credenciamento de empresas com interesse em participar da nova licitação envolvendo o empreendimento e suas instalações associadas.

A petroleira pontuou que a licitação será restrita às empresas pré-qualificadas, respeitando as condições apresentadas na convocação de pré-qualificação de 9 de dezembro de 2019.

Na licitação anterior, a Petrobras terminou por desclassificar proposta apresentada pela Golar Power, depois de ter alterado o Grau de Risco de Integridade (GRI) da companhia.

A decisão veio após um ex-executivo da Golar Power ter sido citado em uma das fases da Operação da Lava Jato, investigação conduzida por autoridades brasileiras sobre casos de corrupção, devido a fatos que teriam ocorrido quando ele atuava para outra empresa. O executivo negou irregularidades, e a Golar chegou a recorrer sem sucesso contra a eliminação na disputa.

Na época, a Petrobras disse que a concorrência também havia chegado a atrair interesse da BP Energy do Brasil e da Compass Gás e Energia, do grupo Cosan, mas sem apresentação de ofertas vinculantes pelas empresas.

O terminal na Bahia consiste em um píer tipo ilha com todas as facilidades necessárias para atracação e amarração de um navio FSRU (Floating Storage and Regasification Unit) diretamente ao píer e de um navio supridor a contrabordo do FSRU.

A vazão máxima de regaseificação do TR-BA é de 20 milhões de metros cúbicos diários (m³/dia). O FSRU não faz parte do processo de arrendamento do terminal.

O gasoduto integrante do terminal possui 45 km de extensão e 28 polegadas de diâmetro, interligando o ativo a dois pontos de entrega.

(Por Luciano Costa e Marta Nogueira)